i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
coluna do leitor – 21/10/2015

Tribunal de Contas 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 20/10/2015 23:01

Ninguém investiga ninguém, é um toma lá dá cá, quem pode mais chora menos, patrimônio incompatível com rendimentos, fica naquele “você não fala nada de nós e nós fingimos que fiscalizamos”, isso acontece quando prefeitos não cumprem a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas, a pedido do deputado, o TC não fiscaliza, o TJ não julga e nada acontece.

Carlos Henrique de Oliveira

Tribunal de Contas 2

Enquanto os conselheiros continuarem a ser indicados por governadores, Assembleia Legislativa, pai magistrado, só pode dar nisso. Conselheiro teria de ser eleito pelo povo, já que sua função é fiscalizar o gasto do nosso dinheiro, e deveria ser independente de qualquer poder político para poder punir.

Ademir Luiz Maccarini

Tribunal de Contas 3

Tenho pena dos pequenos, esses são perseguidos e multados para mostrar que os conselheiros atuam. Mas alguém já viu alguma prestação de contas do governo do estado ou da Assembleia Legislativa ser reprovada?

Umberto Munaro

Comissionados

Gastar mais para colocar mais pessoas na Assembleia para fazer o quê? A Alep é um saco sem fundo. É uma brincadeira com o povo paranaense aumentar gastos neste momento de desemprego e dificuldades.

Luiz Eduardo Hunzicker

Corrupção 1

Estamos bem de governantes. Uma diz que não há corrupção mesmo diante de todas as evidências. Outro jura não ter conta no exterior, mesmo com existência comprovada pelo banco, e assim por diante. Daqui a pouco teremos declarações do tipo “eu não sou eu”.

Wilson Alvarenga

Corrupção 2

O conceito de corrupção perde todo o seu sentido quando analisamos o que essas pessoas fizeram e estão fazendo no desgoverno da nação. Mas só estão onde estão porque o gigante ameaçou levantar, mas continua deitado em berço esplêndido! De resto, a declaração não espanta, pois esperar o quê da “presidenta sapiens”?

Reginaldo Pereira

Corrupção 3

Dilma afirmou na Suécia que Eduardo Cunha “não integra o meu governo”. Ora, “governo” é o conjunto dos três poderes, harmônicos e independentes, em cada uma das esferas. Para Dilma, “governo” é apenas o Executivo de obesidade mórbida aparelhado por seu partido, à semelhança de nuestros hermanos bolivarianos da Unasul, que ela idolatra.

Gil Cordeiro Dias Ferreira

Atlético Paranaense

Chegou a hora de Petraglia cair fora da direção do Furacão e se dedicar, diuturnamente, aos seus netos. A torcida agradece. Quem sabe assim teremos preços de ingressos compatíveis com o futebol que ora apresentamos.

Antonio Moura

Orçamento

Qualquer empresário sabe que deve controlar gastos e realizar investimentos de forma correta para otimizar a receita e, consequentemente, gerar mais lucro. Até um prostíbulo deve ser melhor administrado que nossa nação. A propósito, até o ano passado estava tudo bem, não é mesmo? Como surgiu um rombo de R$ 50 bilhões?

Phelippe Guerios

Economia

Já há previsões do mercado no sentido de que a recessão piorará até o fim de 2016, ensaiando retomada tímida somente em 2017, mas o PIB permanecerá negativo. Dilma legará ao seu sucessor, quem quer que seja, um PIB de 0% ao fim de 2018 – se ela chegar lá.

Marcelo Padilha

CPMF

Ao defender a recriação da CPMF, Dilma disse que esse imposto é vital para o país, mas reportagem mostra que ela custa aos brasileiros o dobro da rainha Elizabeth II para os britânicos. Isso de Dilma reduzir seu salário, do vice e dos 31 ministros é lorota, pois a gastança continua. E os punidos serão os trabalhadores.

Izabel Avallone

Blitz

Dias atrás, por volta das 7h45, a Receita Estadual e a Polícia Militar promoveram uma blitz no início da Rua Silva Jardim, no bairro Seminário. Não poderia haver horário e local mais impróprio para o feito, uma vez que aquele local, próximo à Fonte dos Anjos, é um dos pontos mais congestionados, estrangulados e confusos de nossa capital, principalmente nesse horário.

Gerson Macedo

Energia elétrica

A bandeira vermelha da tarifa por falta d’água continua, e ninguém fala nada?

Fernando Figueiredo

Corrida 1

Tive a honra de participar do treino para a corrida “Pernas para que te quero”, uma ação de inclusão social de crianças e adultos em cadeiras de rodas. Estávamos na pista de corrida do Parque Barigui, totalizando umas 40 a 50 pessoas, entre voluntários e cadeirantes. Um corredor nos parou para reclamar do movimento e disse que estávamos atrapalhando sua atividade no parque. Sugeriu, ainda, que fôssemos para outro lugar. Conversei com ele, pedindo sua compreensão, e disse que nosso movimento era a favor da inclusão. Ele respondeu que “isso não é inclusão, é confusão”. Diante dessa atitude lamentável, segui em frente, mas indignada. Eu me pergunto: se fosse o filho ou neto dele, a reação seria a mesma?

Heloise Marlangeon

Corrida 2

Também participei do treino e não devemos nos calar quando pessoas egoístas, insensíveis e prepotentes destilam toda a sua arrogância. Para o “corredor prejudicado”, foi causado um mínimo de incômodo; para aquelas crianças, eram momentos únicos, em que podiam desfrutar de sensações raras em seu difícil cotidiano.

Milton Apter
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.