Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Desenvolvedores da vacina russa anunciam resultados iniciais de eficácia da Sputnik V acima de 90%
Desenvolvedores da vacina russa anunciam resultados da Sputnik V acima de 95%| Foto: Divulgação / Gamaleya Center

O acordo para testagem e produção da vacina Sputnik V contra a Covid-19 praticamente não evoluiu entre o governo do Paraná e a Rússia desde que foi anunciado em agosto. No sábado (5), o governo russo começou a aplicar a Sputnik V em trabalhadores de Moscou que ficam expostos ao coronavírus, como profissionais de saúde, professores e assistentes sociais.

WhatsApp: receba notícias do Paraná

A expectativa era de que o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) encaminhasse o protocolo da vacina russa para validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já em setembro, com a realização de testes da fase 3 com voluntários no estado em outubro. Entretanto, nenhum desses prazos foi cumprido.

De acordo com o governo do Paraná, revisões no projeto feitas pelo Fundo de Investimento Direto da Rússia, órgão estatal que financia a pesquisa naquele país, atrasaram o processo. “O Tecpar aguarda a definição do parceiro russo sobre ações de cooperação do instituto paranaense no projeto”, aponta nota do governo.

No fim de novembro, a Rússia anunciou eficácia de 95% da Sputnik V em dados preliminares obtidos a partir da aplicação da vacina em voluntários 42 dias após a primeira dose e 21 dias após a segunda.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]