• 28/10/2020 20:13
Sem período noturno

Escolas que se tornarem cívico-militares terão alunos da noite transferidos

  • 28/10/2020 20:13
  • Por Gazeta do Povo
    Escolas que se tornarem cívico-militares terão alunos da noite transferidos
    | Foto: Pixabay

    Alunos que optarem por permanecer no período noturno e que atualmente estudem em escolas estaduais que se tornarem cívico-militares serão transferidos para instituições de ensino próximas. É o que prevê a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed). O projeto de lei que institui o novo modelo escolar a partir do próximo ano proíbe aulas no turno da noite. De acordo com a APP-Sindicato, 117 das 216 escolas selecionadas para o programa cívico-militar têm hoje oferta de aulas no período noturno, 23 com turmas de educação para jovens e adultos (EJA). Os estudantes dessas instituições, então, teriam de mudar de escola. Situação que a Seed afirma já fazer parte do planejamento. “Não haverá prejuízo aos estudantes neste período, pois continuará existindo a oferta de vagas em instituições próximas”, explica a pasta por meio de nota.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.