• 14/09/2020 11:41
Educação pública

Professores decidem que haverá greve se governo convocar volta às aulas em 2020

  • 14/09/2020 11:41
    • Tribuna do Paraná
    Mesa de trabalho da assembleia estadual online, realizada no último sábado
    Mesa de trabalho da assembleia estadual online, realizada no último sábado| Foto: Divulgação / APP-Sindicato

    Professores e funcionários da rede estadual de ensino decidiram, em votação online no último (12), que não retornarão às aulas presenciais em 2020. Em assembleia promovida pela APP-Sindicato, os servidores aprovaram greve caso haja chamada para retorno às aulas presenciais durante a pandemia do novo coronavírus. “A categoria está mobilizada e não aceitará qualquer imposição que coloque em risco à vida tanto dos estudantes e seus familiares, quanto dos profissionais que trabalham nas escolas”, disse Hermes Leão, presidente da APP-Sindicato.

    Em nota a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEED-PR) disse estranhar o posicionamento da APP-Sindicato em decretar antecipadamente uma greve sob alegação de provável retorno às aulas presenciais. “Causa surpresa a atitude unilateral do sindicato, pois a Seed tem mantido diálogo aberto e transparente com os dirigentes da APP. Os representantes da Secretaria da Educação têm reforçado nas diversas reuniões com os sindicalistas que caberá aos profissionais da Secretaria de Estado da Saúde definir provável a data do retorno às aulas presenciais, cujo protocolo sanitário é considerado um dos mais bem estruturados, seguros e rígidos do Brasil”, disse a Seed.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.