• 19/02/2020 15:36
Novo filiado

Delegado evangélico de esquerda é “novidade” do PT na capital da Lava-Jato

  • 19/02/2020 15:36
    • Gazeta do Povo
    Evento de filiação do delegado de Polícia contou com a participação de cinco deputados estaduais
    Evento de filiação do delegado de Polícia contou com a participação de cinco deputados estaduais| Foto: Divulgação / PT

    Incentivado pela direção nacional do partido e seguindo os apelos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde que deixou a prisão, o PT do Paraná decidiu ganhar terreno entre o eleitorado evangélico. Nesta semana, o Partido dos Trabalhadores festejou a filiação do delegado da Polícia Civil Pedro Filipe Cruz Cardoso de Andrade, de 32 anos.

    Sem confirmar se sairá candidato nas próximas eleições, o delegado, natural do Rio de Janeiro e atualmente lotado no 1º Distrito de Curitiba, disse que “até o início do ano passado falar mal do Bolsonaro dentro de uma delegacia de polícia era correr um sério risco de ser alvejado (risos)”. Aos poucos, disse, “os policiais brasileiros vão percebendo que foram vítimas de um dos maiores estelionatos eleitorais da história desse país”. “Em mais de um ano de Governo ainda não foi proposto absolutamente nada que melhore a vida do policial brasileiro, que foi a grande base eleitoral do atual presidente. Definitivamente, não é fazendo arminha com a mão e dizendo que ‘bandido bom é bandido morto’ que vamos mudar a realidade da segurança pública brasileira".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.