i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Covid-19

Surto de coronavírus em cadeia superlotada faz disparar casos em cidade do interior

  • Katia BrembattiPor Katia Brembatti
  • 14/06/2020 15:55
Vista aérea da cidade de Toledo, no Oeste do Paraná.
Vista aérea da cidade de Toledo, no Oeste do Paraná.| Foto: Divulgação/prefeitura

Toledo, cidade de 138 mil habitantes na região Oeste do Paraná, era apontada como exemplo de controle no novo coronavírus. Medidas que foram tomadas em março permitiram ao município testar, a partir do final de maio, um processo controlado de reabertura. No início de junho, a quantidade de confirmações da doença era de 28 casos. Mas, duas semanas depois, o número saltou para 233 – e deve aumentar ainda mais nas próximas horas, quando forem somados os 122 testes positivos realizados na cadeia pública da cidade.

RECEBA notícias sobre o Paraná pelo WhatsApp

O caso de Toledo mostra o alto poder de disseminação do vírus, principalmente em ambientes fechados. Com as visitas aos presos suspensas desde março, a principal suspeita é de que um agente levou a doença para dentro da cadeia. Assim que o funcionário público apresentou sintomas, ele foi testado e, a partir do resultado positivo, mantido em casa. Começou então uma fase de exames nos demais servidores e nos presos. Nenhum outro agente público testou positivo, mas entres os detentos, de 22 exames realizados, 20 confirmaram a presença do vírus.

A medida seguinte foi testar todos os outros presos, na sexta-feira (12), resultando em 122 diagnósticos positivos. A cadeia de Toledo está com 178 detentos e teria espaço para abrigar em situação adequada menos de 40. O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen-PR), por meio da assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), informou que todos os presos estão ou assintomáticos ou com sintomas leves, sem a necessidade de internamento hospitalar. Um médico do sistema prisional está monitorando a situação de saúde dentro da cadeia.

Em nota, o Depen-PR informou que a estratégia adotada é manter os presos em isolamento dentro da própria unidade. Não foram repassadas informações sobre como está a situação dos detentos que ainda não contraíram o vírus. Ainda segundo o Departamento Penitenciário, os presos estão em avaliação constante e a cadeia passa de duas a três vezes por dia por processo de limpeza e desinfecção. Os agentes públicos teriam recebido equipamentos de proteção individual (EPIs), para evitar que sejam contaminados.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de Toledo, houve descuido, por parte da população, que não estaria seguindo as regras de prevenção. Ainda de acordo com a prefeitura, os números da cadeia pública da cidade ainda não tinham sido incluídos no boletim estadual que foi divulgado no sábado à tarde. Portanto, é esperada uma escalada repentina na quantidade de casos no município. Além da cadeia pública, 37 confirmações foram anunciadas nas últimas 24 horas em Toledo.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    Cristian carla a. Volski cassi

    ± 0 minutos

    Deixa eles.lá

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rubens maluf

    ± 20 horas

    Era só não fazer a reabertura

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]