i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Infraestrutura

DER investe mais de R$ 3 bilhões em rodovias. Saiba quais as principais obras

  • 18/11/2020 18:56
Obras de duplicação da PR-092, entre Curitiba e Almirante Tamandaré.
Obras de duplicação da PR-092, entre Curitiba e Almirante Tamandaré.| Foto: José Fernando Ogura/AEN

O Paraná está investindo atualmente mais de R$ 3 bilhões na ampliação e melhoria da malha rodoviária estadual. A informação é do diretor técnico do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Luiz Carlos de Cristo, que fez uma apresentação online promovida pelo órgão na manhã dessa quarta-feira (18). De acordo com ele, os recursos estão sendo aplicados em uma série de obras que já estão em andamento e projetos a serem executados até 2022.

Receba as notícias do Paraná pelo WhatsApp

Esses investimentos estão divididos em dois programas. O primeiro é o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística do Paraná, viabilizado através de um empréstimo de US$ 235 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com uma contrapartida de US$ 200 milhões do governo estadual. No total, são cerca de R$ 2,2 bilhões que contemplam, além de obras rodoviárias, planos diretores aeroportuários e estudos para ferrovias e modais aquaviários.

O segundo programa é o Avança Paraná, que conta com um financiamento de R$ 1 bilhão do Banco do Brasil para obras de duplicação, implantação de terceiras faixas e recuperação de rodovias. Desse montante, R$ 300 milhões são destinados ao Cremep, programa para recuperação de 2 mil quilômetros de rodovias e que já tem metade das obras executadas. "Esperamos terminar em um ano. Já estamos estudando um novo programa de recuperação, numa modalidade diferente, mais efetiva", diz Luiz Carlos.

Segundo o diretor do DER, as obras em andamento somam R$ 482 milhões (veja algumas delas ao final da reportagem), enquanto as planejadas (em fase de projeto ou licitação) representam R$ 830 milhões. Dessa última relação, destaque para duas: o Contorno Norte de Castro, nos Campos Gerais, com extensão de 15,6 quilômetros e investimento de R$ 110 milhões; e a duplicação da Avenida Juscelino Kubitschek, em Matinhos, no litoral, com investimento de R$ 34,5 milhões.

Projetos para o litoral e corredor central

Outros R$ 50 milhões estão previstos para obras que estão em projeto. Uma delas é a Ponte de Guaratuba, que fará a ligação com o município de Matinhos e aguarda abertura de licitação. Outra é a ampliação da capacidade do corredor central rodoviário do Paraná, um trecho de 262 quilômetros entre os municípios de Pitanga, Campo Mourão e Mauá da Serra. Por fim, Luiz Carlos destaca também a duplicação da PR-412, que liga Matinhos a Pontal do Paraná, no litoral.

Para o ano que vem, o DER já tem planejados mais 33 projetos e obras, que compreendem 1,2 mil quilômetros e investimentos de R$ 90 milhões. "Até alguns anos atrás, as obras de concessionárias representavam a maior parte daquelas realizadas em rodovias do Paraná. Com uma nova visão de gestão, hoje temos uma carteira de investimentos para subsidiar melhorias em todo o estado", conclui o diretor.

Principais obras em execução pelo DER

PR-090: acesso ao contorno de Castro
Extensão: 2,7 km
Valor: US$ 3,7 milhões

PR-912: pavimentação Coronel Domingos Soares/Palmas
Extensão: 27 km
Valor: US$ 14,5 milhões

PR-364: pavimentação São Mateus do Sul/Irati
Extensão: 47 km
Valor: US$ 27,9 milhões

PR-239: pavimentação Pitanga/Mato Rico
Extensão: 43 km
Valor: US$: 22,9 milhões

PR-323: duplicação Paiçandu/Doutor Camargo
Extensão: 20,75 km
Valor: US$ 6,8 milhões

PR-445: duplicação Londrina/Irerê
Extensão: 15,28 km
Valor: US$ 6,7 milhões

PR-092: duplicação Curitiba/Almirante Tamandaré
Extensão: 4,74 km
Valor: R$ 90 milhões

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 5 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • I

    IVAN BERTON SOLDATELLI

    ± 0 minutos

    E a PR-280 vai continuar a pior rodovia do Paraná, mas é a campeã em promessas. Há mais de 6 anos anunciaram que seria arrumada. Só que o povo continua votando nos mesmos sobrenomes há décadas, então que continuem com esta estrada. Este povo merce.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    F.Neto

    ± 1 horas

    A PR-090 e 092 tinham de ser asfaltadas. Precisar passar por Pont Grossa para ir ao Norte Pioneiro é uma volta e tanto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    F.Neto

    ± 1 horas

    A verdade é que as obras não pararam por causa da pandemia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Reckziegel

    ± 3 horas

    Estranho...Anunciaram na mídia local a duplicação da BR277 em Guarapuava, com as marginas, construção de trincheiras e a duplicação do viaduto mais importante da cidade no valor total de 105 milhões e não aparece neste estudo? Será que que foi fake news?!?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Walter

    ± 5 horas

    Diante de tanta dificuldade nesse 2020, por conta da pandemia, ainda se consegue espaço para reerguer a economia paranaense. "Bola pra frente!"

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.