i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Litoral e região Oeste

Fomento Paraná tem alta na demanda por microcrédito em ação de socorro ao turismo

  • 27/11/2020 19:21
Comércio no Centro de Matinhos, no Litoral paranaense
Comércio no Centro de Matinhos, no Litoral paranaense| Foto: Jonathan Campos/Arquivo/Gazeta do Povo

Após mais de dez dias de uma força-tarefa da Fomento Paraná para conceder créditos a empreendedores do turismo no estado, o diretor-presidente do banco, Heraldo Neves, avalia que o movimento está tendo saldo positivo. Iniciada na metade do mês, a Caravana de Crédito Turismo, como foi chamado o programa, colocou duas equipes da instituição para percorrer cidades do Litoral e da região Oeste para negociar empréstimos que possam impulsionar bares, restaurantes, hotéis e pousadas.

RECEBA notícias pelo Whatsapp

Como empréstimos de maior valor levam dias para serem aprovados, Neves destaca que os números parciais ainda não foram fechados. Mas ele revela haver um movimento atípico no microcrédito, que costuma ter a aprovação bem mais rápida. Isso pode sugerir alta em todos os segmentos. “A partir do momento que iniciamos a caravana, na semana passada, tivemos um volume bastante grande [na tomada de microcrédito]. Um volume expressivo que fazia tempo que a gente não via. Quero crer que se deve a esse nosso movimento tanto na costa Leste como na Oeste”, diz.

No programa, podem ser contratadas operações para capital de giro até R$ 500 mil e até R$ 2 milhões para investimento fixo, como obras ou compra de bens e equipamentos. Também há negociação na linha de microcrédito, que atende empreendedores informais, MEIs e micro e pequenas empresas. O valor desses empréstimos é de R$ 10 mil para pessoa física e, para pessoa jurídica com faturamento de até R$ 360 mil ao ano, o financiamento chega a R$ 20 mil.

De acordo com o diretor-presidente, o programa tem, obviamente, um apelo para os negócios que foram afetados na pandemia. Mas não só isso. “[O objetivo] Também é de colocar recursos nessas atividades [do setor turístico] para que elas possam estar melhor preparadas para receber o turista agora no verão. São dois os sentidos: preparar para o verão e minorar a pandemia”, destaca.

Neves aponta que o projeto, embora tenha sido realizado em um ano em que o empresariado precisou recorrer ao apoio dos bancos, é uma vontade antiga da instituição do governo estadual. “Era uma vontade da Fomento estar colada às operações do verão”, diz. O presidente pondera, no entanto, que não é o único movimento de fomento aos setores turísticos. “Mais do que fazer negócios a gente quer consolidar que a Fomento Paraná tem parceria permanente nesses municípios da costa Oeste e Leste. A caravana vai passar, mas as equipes de turismo permanecerão lá à disposição do empreendedor do segmento turístico”, diz.

As equipes da Fomento seguem em roteiro até o próximo dia 17, passando por Santa Helena (2 de dezembro), Marechal Cândido Rondon (3), Terra Roxa (8), Guaíra (9), São Miguel do Oeste (17) e por Paranaguá (no dia 10).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.