i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Infraestrutura

Liminar manda exonerar um dos diretores do Porto de Paranaguá

  • PorKatia Brembatti
  • 22/07/2019 20:49
  • Atualizado em 23/07/2019 às 14:28
Nomeação de diretoria financeira do Porto de Paranaguá está sendo questionada.
Nomeação de diretoria financeira do Porto de Paranaguá está sendo questionada.| Foto: Ivan Bueno/Porto de Paranaguá/Arquivo

O governo do Paraná deve exonerar o diretor financeiro da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Luiz Fernando Gaspari de Oliveira Lima. Essa foi a determinação de uma liminar concedida nesta segunda-feira (22), pelo juiz Rafael Kramer Braga, em resposta a um pedido do Ministério Público.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

A promotoria argumentou que Lima teve as contas julgadas irregulares no período em que atuou na Fundação Municipal de Turismo de Paranaguá e também que a nomeação dele para a APPA fere a Lei das Estatais, entre outros motivos, por ter atuado na campanha eleitoral do então candidato a governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD). Recentemente a Gazeta do Povo mostrou que aliados do período eleitoral conseguiram cargos no governo.

A liminar também determinou o bloqueio de bens de Lima, no valor até R$ 181 mil, para eventual devolução dos seis meses de salário que recebeu. O mesmo nome já havia sido alvo de questionamento pelo Ministério Público de Contas (MPC), que vê indícios de irregularidades na nomeação de 16 pessoas em estatais do Paraná.

Em nota enviada à redação nesta terça-feira (23), a APPA informa que o diretor, ciente da liminar, pediu exoneração do cargo. Não foi informado ainda quem assumirá no lugar. O governo do Paraná ainda não se manifestou sobre a decisão judicial. A Gazeta do Povo também tenta contato com Lima. O espaço segue aberto para o posicionamento das partes.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • A

    Afonso Celso Frega Beraldi

    ± 1 horas

    APPA sempre foi um antro de corrupção. Nada de novo

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mmf

    ± 3 horas

    É sempre a mesma coisa. Falam do governo anterior e fazem o mesmo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MORALES

    ± 12 horas

    Se os salários pagos pelo Porto de Paranaguá são fora da realidade (e afronta para o contribuinte) para simples técnicos e supervisores (que recebem mais do que advogados e engenheiros da iniciativa privada) imagina o que é o salário de um diretor. Esses cargos devem ser negociados a peso de ouro e pagam favores inimagináveis.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 12 horas

    "Gente fina".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.