MP denuncia servidores por desvio de peças e fraude em licitações de veículos oficiais
| Foto: Agência Estadual de Notícias

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou dois servidores estaduais, ligados à Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap), por associação criminosa, peculato e fraude à licitação. Dois familiares de um deles também foram denunciados por suspeita de atuarem como laranjas.

RECEBA as notícias de Paraná pelo WhatsApp

De acordo com o MP, José Ribeiro dos Santos Filho e Valdir Luiz Andrade, funcionários do Departamento de Gestão do Transporte Oficial (Deto), extraviavam peças de veículos oficiais (como os motores, por exemplo) que iriam a leilão de modo a depreciar seu valor. Segundo a denúncia, a esposa e o filho de José arrematavam estes veículos por lances baixos. De posse dos automóveis, a dupla recolocava as partes furtadas.

O MP aponta que a dupla conseguia atuar por serem avaliador e mecânico dos veículos oficiais destinados ao leilão.

O servidores e seus familiares foram denunciados por ações criminosas que ocorreram entre 2001 e 2014, mas o MP investiga possíveis atos em anos subsequentes.

A reportagem tenta contato com os denunciados, que ainda não têm advogados constituídos.

Em nota, a Seap indicou que os servidores estão afastados do Departamento de Transporte e cumprem expediente administrativo no arquivo público. "A atual gestão reforça que instituiu por lei o Programa de Compliance, que busca aumentar a transparência, aprimorar o combate à corrupção e determinar uma gestão eficiente e confiável dos recursos públicos, apoiando integralmente a ação da Justiça", aponta.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]