i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Sem data

Sesa diz que alta nos casos de coronavírus inviabiliza volta às aulas presenciais

  • 18/11/2020 21:18
Sesa
Fachada do prédio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).| Foto: Jose Fernando Ogura/AEN

Com a alta dos casos de infecção pelo novo coronavírus no Paraná, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou uma nota na noite desta quarta-feira (18) informando que está descartado o retorno das aulas presenciais, neste momento. Dentro do governo estadual, chegou-se a cogitar no mês passado que haveria condições de retomada em novembro.

WhatsApp: receba um boletim diário com notícias do Paraná

"Diante do aumento significativo de casos no Paraná, a Sesa orientou pela impossibilidade de retorno das aulas presenciais. A agudização de casos e óbitos, e que não representa a chamada segunda onda, é reflexo da maior circulação de pessoas, dos recentes feriados prolongados e também da campanha eleitoral, que motivou a elevação das ocorrências de coronavírus no Estado. A transmissão ainda é comunitária", diz a nota.

Há um mês, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed) autorizou a realização de atividades extracurriculares presenciais em 54 escolas públicas e em todas as escolas particulares para alunos com mais de 5 anos de idade. A ideia inicial era ampliar o número de escolas públicas autorizadas a funcionar com atividades extracurriculares, mas isso acabou não ocorrendo.

Na nota divulgada nesta quarta-feira (18), a Sesa ainda reforça que a pandemia "não acabou" e volta a pedir "distanciamento social, isolamento domiciliar, utilização de máscara, lavagem das mãos".

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    Luis Stumpf

    ± 0 minutos

    O governo estadual conta votos. Não faz sua obrigação de cuidar da saúde e libera tudo para as eleições. Itália, Espanha e outros países já declararam que a educação DEVE continuar e priorizaram ações que realmente reduzem o contagio. OMS já declarou que as escolas DEVEM permanecer abertas, atendendo a crianças e possibilitando o desenvolvimento em TODAS as idades. No governo do Paraná, priorizaram ações que geram votos. Escolas desde sempre fechadas e uma geração inteira será prejudicada por causa disso. Incompetência, Negligência, interesses ocultos ? Nada explica essa atitude.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • E

      EDNEI MAINARDES

      19/11/2020 11:16:21

      Que opinião **** , reflexo de um país que nunca priorizou a educação. Crianças estão pagando o maior preço dessa pandemia e estão em uma faixa etária que, mesmo em contato com o vírus, não adoecem. A Secretaria de Educação do Paraná é uma grande VERGONHA.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • E

        Eliana Prodossimo

        19/11/2020 1:21:21

        O governo liberou demais por conta das eleições. Começou com os feriados de setembro já pensando nas eleições que se aproximavam, deixamos de ver secretários de saúde falando sobre a pandemia. Parecia que nunca houve ontem até 16 de novembro, hj quase em um novo lockdown.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.