Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Arte para Maiores é um projeto do Museu Oscar Niemeyer. Na imagem, a fachada do museu.
Museu Oscar Niemeyer (MON). Foto: Kraw Penas/SECC| Foto: Kraw Penas/SECC

Ano após ano,o Museu Oscar Niemeyer renova seu compromisso em democratizar o acesso à arte. Realizado desde 2014, o projeto Arte para Maiores busca atingir o público com mais de 60 anos com atividades mensais. O objetivo é promover o contato com as exposições realizadas no museu e seus artistas, bem como atividades artísticas guiadas. Além de aproximar público e museu, o programa é um incentivo para manter a atividade intelectual e a criatividade aquecidas.

>>> Leia também: Museu Oscar Niemeyer oferece atividades artísticas virtuais às quartas-feiras

Em consequência da pandemia, o Arte para Maiores passou a ser online. Assim, desde 2020, os participantes cadastrados recebem por WhatsApp vídeos com mediações e sugestões de oficinas variadas. A próxima ação do programa acontecerá no dia 15 de junho, terça-feira, das 14h às 15h30. Será uma videoconferência com Luiz Gustavo Carvalho, artista e curador da exposição “A Travessia do Desastre”, de François Andes.

Exposição A Travessia do Desastre, em cartaz do Museu Oscar Niemeyer. Foto: Kraw Penas/SECC
Exposição A Travessia do Desastre, em cartaz do Museu Oscar Niemeyer. Foto: Kraw Penas/SECC

Realizado pela plataforma Zoom, não é necessário possuir conhecimento em arte para participar da atividade. Basta ter interesse e inscrever-se previamente pelo formulário ou solicitar pelo e-mail educativo@mon.org.br, ou ainda pelos telefones (41) 3350-4412 e 3350-4497. Ainda assim, fique atento, porque as inscrições são limitadas!

>> Arte para Maiores: clique aqui e inscreva-se gratuitamente no bate-papo com Luiz Gustavo Carvalho

A Travessia do Desastre

O tema da videoconferência será a exposição “A Travessia do Desastre”, em cartaz na Sala 2 do MON desde o início de maio. A iniciativa traz um intercâmbio entre a cultura de países asiáticos e o Brasil. As obras são variadas: desenhos, intervenções, esculturas, figurinos e máscaras. A mostra foi concebida durante os períodos de residência artística de François Andes e do curador Luiz Gustavo Carvalho, realizada no Brasil, Vietnã, Camboja e Coreia do Sul, entre 2016 e 2019.

As palavras-chave da mostra são intercâmbio e diálogo. Isso porque a exposição coloca em cena obras criadas especialmente para esta exposição no MON, além de obras que já constavam no acervo do museu. “O encontro com essa coleção e a possibilidade de reagir a algumas das obras selecionadas pelo curador, muito mais do que um diálogo, é poder viajar à Ásia a partir do Brasil”, afirma François Andes, em entrevista para o site do MON.

Sobre o curador

Luiz Gustavo Carvalho já fez a curadoria de mais de 70 exposições no Brasil. Além disso, Carvalho é também artista. Criou e integrou a direção artística de festivais de arte na Alemanha e no Brasil, bem como colabora com o Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, no Rio de Janeiro, desde 2016.

Carvalho também participou de diferentes programas de residência artística na América do Sul, Europa e Ásia. Logo depois, a exposição “A Travessia do Desastre”, tema do encontro virtual do Arte para Maiores deste mês, foi criada.

Serviço

Arte para Maiores em Casa: Especial A Travessia do Desastre
Videoconferência com Luiz Gustavo Carvalho
Terça-feira, 15/6, das 14h às 15h30
Evento gratuito, vagas limitadas
Informações: (41) 3350-4412 / 3350-4497 ou educativo@mon.org.br
www.museuoscarniemeyer.org.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]