Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Confira uma seleção de obras de autores curitibanos
| Foto:

Prosa, poesia e fotografia. Conheça a pluralidade de estilos de quem produz por aqui.

Aves do Paraná - Volume 2

de Marcelo Krause e Fernando C. Straube, Underwater Books


Sinopse: “Este livro é o segundo de uma coleção de 3 volumes que ilustra algumas espécies que compõem a rica avifauna do estado do Paraná, onde ocorrem – segundo estimativas recentes – um total de 744 espécies. A ave escolhida para a capa é o papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis), ave endêmica do Brasil, tem sua ocorrência restrita ao litoral dos estados do Paraná e São Paulo. No estado do Paraná está concentrada cerca de 70% de sua população.

Faz seu ninho em ilhas cobertas por floresta na baía de Paranaguá, Paraná. Seu ninho é feito no oco de árvores, onde o casal frequentemente fica junto. Uma das causas que agravam o risco de extinção dessa espécie, é o fato de se reproduzirem sempre na mesma árvore; e quando essa é derrubada, o casal geralmente não procria mais. Essas e outros inúmeros fatos e curiosidades estão relatados no
texto do ornitólogo Fernando C. Straube, que acompanha 149 fotos do premiado fotógrafo Marcelo Krause.”


VALOR: R$ 80, no site da editora www.underwater.com.br.

Périplo

Otto Leopoldo Winck, Editora Patua

Sinopse: “Périplo, originalmente, significa navegação em torno de um país, mas, no forte livro-poema de Otto Leopoldo Winck, ressignifica-se como viagem em torno de um quase nada: a miudeza antiépica de um herói sem nome, que circula entre os registros de um 'ele', de um 'eu' e até de um ‘tu’, convocando o leitor a fundir-se nessa narrativa de onde o sublime foi excluído: 'os pesadelos são todos teus'.

Trata-se do ‘sonho da sola’, do que há de mais ínfimo e rasteiro, querendo em vão alçar-se, para, ao fim e ao cabo, atingir o ‘desconcerto total’ e a defrontação com as ‘bocas de serpente’. Otto integra-se com êxito à linhagem dos cultores do poema longo, ao tecer, numa fina carpintaria imagética, um texto simultaneamente extenso e conciso – outras experiências bem-sucedidas no gênero normalmente estampam, na (des)medida do verso, um fluxo verbal mais distenso. Neste livro, porém, convivem extensão e tensão. O poeta, que vagou nos mares diversificados, mas igualmente belos de Cosmogonias (2018), hoje ancora seu verbo na transtemporalidade e na transespacialidade de um périplo à deriva, no convite a que nos acerquemos do abismo e da experiência da vacuidade radical: ‘inútil é o regresso/ quando não se tem mais casa’”. Texto por Antonio Carlos Secchin.

VALOR: R$ 40, no site da editora www.editorapatua.com.br.

Se eu deixar, eu viro poesia

Surya Amitrano

Sinopse: “Se Deixar, Eu Viro Poesia é um compilado de textos reflexivos e pequenas crônicas em forma de poemas que se conectam ao processo de criação musical de Surya. Dividido em quatro capítulos (GRANIZO, CHUVA, VENTO e SOL) os poemas passeiam pela vida e seus estágios: imaginação, realidade, amor, falta de amor, medo, entrega e coragem. Com ilustrações e capa de Stephani Heuczuk, este pequeno livro é um convite ao refletir, mas, principalmente, ao sentir.”

VALOR: R$ 24,90 a versão física e R$ 10 o eBook no site suryamusic.com.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]