Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Luciana Gnoato foi uma das artistas curitibanas convidadas para o projeto do Sesi Cultura.
Luciana Gnoato foi uma das artistas curitibanas convidadas para o projeto do Sesi Cultura.| Foto: Luana Muniz/ Divulgação

No mês de setembro, o projeto Circuito Muchas Minas, promovido pelo Sesi Cultura Paraná, transformou a fachada de quatro espaços públicos de Curitiba. Artistas mulheres da cidade foram convidadas para deixar sua contribuição para a cidade criando painéis culturais que levassem cor e arte, mas que também chamassem atenção para os 17 ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, da ONU.

As cinco artistas convidadas realizaram suas obras em paredes, muros e fachadas de espaços com grande circulação de pessoas, em especial de jovens e crianças. O resultado do trabalho pode ser conferido em quatro locais: Escola Municipal Caramuru, no Cabral; Escola Municipal Mirazinha Braga, no Bom Retiro; Casa Heitor Stockler de França, no Centro; e na Escola Municipal Batel. As intervenções têm dimensões que variam de 20 a 40 m².

artistas mulheres
Bruna Pereira fez sua intervenção com base na erradicação da pobreza| Luana Muniz/ Divulgação

As intervenções, explica a gerente de cultura do Sistena FIEP Anna Zétola, “promovem o acesso à arte na rua, permitindo as pessoas contemplarem num ambiente aberto, livre, extremamente democrático”.

Espaços escolhidos

Cada artista teve liberdade para criar dentro de uma das temáticas dos ODS. A artista Cris Pagnoncelli realizou sua intervenção com base no tema: ação contra a mudança no clima. Para o muro da Escola Municipal Caramuru, no Cabral, ela, que é especialista em trabalhos com lettering, escolheu uma palavra que contasse uma história, bem como que levasse uma mensagem: a da necessidade de cuidarmos da natureza.

Cris Pagnonceli, especialista em lettering, escolheu uma palavra pra chamar atenção sobre op cuidado com a natureza.
Cris Pagnonceli, especialista em lettering, escolheu uma palavra pra chamar atenção sobre op cuidado com a natureza.| Luana Muniz/ Divulgação

“Pachamama é uma palavra de origem indígena dos povos andinos e significa “Mãe-Terra”. A ideia de usar uma palavra nativa dos povos sulamericanos e não tão conhecida pela cultura popular brasileira, foi para gerar curiosidade e trazer um olhar mais abrangente sobre nossas origens antes da colonização, e também destacar a importância do resgate do cuidado e do que é maternal, que gera vida.”

Carol Lemes criou sua obra na Escola Municipal Mirazinha Braga, no Bom Retiro, com base na temática: cidades e comunidades sustentáveis.
Carol Lemes criou sua obra na Escola Municipal Mirazinha Braga, no Bom Retiro, com base na temática: cidades e comunidades sustentáveis.| Luana Muniz/ Divulgação

Já a artista Carol Lemes criou sua obra na Escola Municipal Mirazinha Braga, no Bom Retiro, com base na temática: cidades e comunidades sustentáveis. Ela conta que escolheu elementos essenciais para pensarmos o futuro da cidade. Assim, estão presentes em sua obra, a água; casas e edifícios integrados com a natureza; o bebê que remete à semente; bem como hortas urbanas e a bicicleta. “Também destaco as araucárias, espécie que tem hoje menos de 1% da sua floresta original, correndo o risco de ser extinta nas próximas décadas.”

Na Casa Heitor Stockler de França, no Centro de Curitiba, Luciana Gnoato e Marie Balbinot criam seguindo os temas igualdade de gênero e Fome Zero. Já a artista Bruna Pereira fez sua intervenção com base na erradicação da pobreza. Seu trabalho pode ser conferido na Escola Municipal Batel.

artistas mulheres
Bruna Pereira fez sua intervenção com base na tema erradicação da pobreza.| Luana Muniz/ Divulgação

Serviço
Circuito Muchas Minas – Sesi Cultura
- Escola Municipal Mirazinha Braga, no Bom Retiro
- Casa Heitor Stockler de França, no Centro
- Escola Municipal Caramuru, no Cabral
- Escola Municipal Batel

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]