Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Show Kamasi Washington
| Foto: Nakayana Teixeira

No próximo dia 29 de maio, o saxofonista Kamasi Washington , considerado ícone do jazz na atualidade, apresenta seu novo show na Ópera de Arame. Será a segunda apresentação do artista americano na cidade, que promete encantar com um repertório que celebra a essência do jazz. Durante o show, o artista vai imprimir todas as suas influências repletas de elementos de hip-hop, música clássica e R&B.

Apelidado de o “embaixador do jazz”, Kamasi Washington é considerado um dos nomes mais revolucionários do estilo, sendo um dos grandes responsáveis por dar uma nova cara ao jazz mundial. Com muito frescor e modernidade, Kamasi faz parte de uma geração de artistas que popularizou o gênero. Seus álbuns “The Epic”, lançado em 2015, e “Heaven & Earth”, lançado em 2018, foram aclamados pela crítica especializada, ganhando inúmeros prêmios. Eles também ficaram marcados na história do estilo por abrir a porta para o público jovem experimentar algo diferente. As colaborações com artistas de renome, como Kendrik Lamar e John Legend, também alçaram o artista de 41 anos, nascido em Los Angeles, na Califórnia, a um patamar mais popular, se consolidando como a grande referência do gênero.

Show Kamasi Washington
| Divulgação

Durante a pandemia, Kamasi Washington desenvolveu vários projetos. O artista assinou, por exemplo, a trilha sonora de “Becoming”, documentário da Netflix sobre a ex-primeira dama Michelle Obama, gravou o álbum “Dinner Party”, um projeto de une rap, jazz e r&b. E acaba de lançar a faixa “Sun kissed child”, que vai integrar o projeto “Liberated: Music for The Movement Vol. 3”.

Serviço Kamasi Washington

Data: 29 de maio

Hora: 19h

Onde: Ópera de Arame (Rua João Gava, 920)

Ingressos: compras no site www.ingresse.com.br, com preços a partir de R$ 160,00

Mais informações nos perfis oficiais da Planeta Brasil e da Goat Entretenimento

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]