Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Parque Pinhal do Santana, em Curitiba
Novo parque tem previsão de inauguração para 2022.| Foto: Daniel Castellano/SMCS

Pinhal do Santana é o nome do próximo parque que será inaugurado em Curitiba. Localizado no bairro Campo de Santana, a área que abrigará o novo espaço público tem mais de 300 mil metros quadrados de área verde e bosque.

A proposta inicial do projeto, feita pela equipe da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, prevê a instalação de colmeias do programa Jardins de Mel, churrasqueiras, parquinho acessível, quadra poliesportiva e pista de caminhada. Além disso, ali deve ser instalada uma sede da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, com espaço para atividades físicas e um módulo da Guarda Municipal.

<<< Leia também: Árvores de Curitiba: conheça as recordistas de idade, altura e popularidade

Vista aérea do local que abrigará o parque Pinhal do Santana.
Vista aérea do local que abrigará o parque Pinhal do Santana.| Daniel Castellano/SMCS

A área pública que abrigará o futuro parque já foi usada como sede da associação de servidores da Cohab e da Guarda Municipal. De acordo com a Prefeitura de Curitiba, o projeto está na etapa final de desenvolvimento, e o processo de licitação deve ser iniciado até o fim deste ano. A previsão de entrega é em março de 2022.

Novo parque vai atender, em especial, a população da Regional Tatuquara.
Novo parque vai atender, em especial, a população da Regional Tatuquara.| Daniel Castellano/SMCS

Árvores nativas

No dia 20 de agosto, o plantio de 100 mudas de árvores nativas no futuro parque — entre elas 50 araucárias — marcou o início simbólico das obras. O plantio de árvores e a ampliação de áreas verdes integram as estratégias de enfrentamento e mitigação das mudanças climáticas do Plano de Ação Climática de Curitiba (PlanClima).

Além das araucárias, o bosque ganhou mudas de pitangueiras, uvaias, guabijus, cerejeiras e guabirobeiras.
Além das araucárias, o bosque ganhou mudas de pitangueiras, uvaias, guabijus, cerejeiras e guabirobeiras. | Daniel Castellano/SMCS

Confira fotos do projeto, que é assinado pela arquiteta Loreley Motter Kikuti, da Secretaria do Meio Ambiente:

Portal do parque que deve ser inaugurado em 2022.
Portal do parque que deve ser inaugurado em 2022.| SMCS
Projeto inicial prevê a instalação de parquinho acessível.
Projeto inicial prevê a instalação de parquinho acessível.| SMCS
São mais de 300 mil metros quadrados de área verde e bosque.
São mais de 300 mil metros quadrados de área verde e bosque.| SMCS
Assim como o próprio nome do parque, projeto tem várias referências ao pinhão, símbolo do Paraná.
Assim como o próprio nome do parque, projeto tem várias referências ao pinhão, símbolo do Paraná.| SMCS
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]