• Carregando...
Conectar&Inovar&Desenvolver&Acelerar: lema da Pinó resume os lançamentos e novas oportunidades da empresa para 2024
Conectar&Inovar&Desenvolver&Acelerar: lema da Pinó resume os lançamentos e novas oportunidades da empresa para 2024| Foto: Priscilla Fiedler/Divulgação

A Pinó apresentou na noite de terça, 5, seu book de oportunidades ao mercado. A empresa lançará em 2024 eventos nos setores de gastronomia, tecnologia, inovação e negócios, e se posiciona fortemente em corporate venture building com a experiência e conhecimento das verticais de conteúdo e jornalismo Bom Gourmet, GazzConecta, HAUS, da startup FoodCo., e dos produtos Festival Bom Gourmet e Gazz Summit.

A apresentação mostrou a consolidação da atuação disruptiva da Pinó no mercado. "Em 2020, nascemos para sermos ágeis, e criamos novas oportunidades mesmo no momento adverso da pandemia", relembrou Andréa Sorgenfrei, head da Pinó, durante a apresentação. A empresa, que surgiu como uma spin-off da Gazeta do Povo para criar novos negócios, chega ao final de seu quarto ano com um portfólio de sucesso na atuação multiplataforma e expertise em nova economia.

Andréa Sorgenfrei, head da Pinó, durante apresentação do book de oportunidades para 2024 para o mercado
Andréa Sorgenfrei, head da Pinó, durante apresentação do book de oportunidades para 2024 para o mercado| Priscilla Fiedler/Divulgação

"A velocidade de criação de uma marca é a longo prazo, diferente da velocidade da performance da marca, que é imediata, ainda mais no mundo de hoje, volátil, incerto, complexo e ambíguo. Precisa haver um equilíbrio para que elas caminhem juntas", observa Ale Tauchmann, fundador e diretor criativo da agência TASTE, presidente do Clube de Criação do Paraná e fundador da Prodesign _ PR. Tauchmann tem mais de 30 anos de experiência em diversas áreas do design, tais como branding, embalagem, editorial, digital e publicidade, e fez uma apresentação sobre construção de marca e performance para os convidados da Pinó.

"A performance serve como ferramenta para promover o conceito da marca, mostrar o seu propósito, ou seja, como o talento da organização é colocado à disposição do mundo", conceitua Tauchmann. Construir marcas a partir de conteúdo e entregar performance é um dos produtos que a Pinó oferece ao mercado desde o seu início. Enquanto hub de soluções, a Pinó projetou e realizou incontáveis projetos personalizados para clientes externos, com conteúdo, mix de ações 360 e conteúdo orgânico com frequência, recorrência e exclusividade. Internamente, criou, testou e acelerou novos formatos de produto e projetos ao longo dos quatro anos.

Ale Tauchmann,  fundador e diretor criativo da agência TASTE, presidente do Clube de Criação do Paraná, falou sobre construção de marca e performance para os convidados
Ale Tauchmann, fundador e diretor criativo da agência TASTE, presidente do Clube de Criação do Paraná, falou sobre construção de marca e performance para os convidados| Priscilla Fiedler/Divulgação

Em 2021, a Pinó lançou sua primeira startup, a FoodCo, que oferece conteúdo, experiências, capacitação e análises de mercado para os empresários do setor de food service. Atualmente a plataforma reúne mais de 36 mil pessoas.

Em 2022, a atuação enquanto laboratório de inovações foi robusta, com testes de ideias e produtos no mercado, sempre com foco em empreendedorismo, senso de comunidade e soluções digitais. Também foi o ano em que o Festival Bom Gourmet, o Prêmio Bom Gourmet, Anuário HAUS e Anuário Imobiliário HAUS se fortaleceram enquanto produtos, o que gerou frutos no ano seguinte. "Em 2023, tivemos a fusão de HAUS e Archa, e o Festival Bom Gourmet passou a ter uma estratégia nacional", apresentou Andréa.

Pinó se posiciona como corporate venture building, com soluções para construção e estruturação de marcas, produtos e startups nos segmentos de suas verticais
Pinó se posiciona como corporate venture building, com soluções para construção e estruturação de marcas, produtos e startups nos segmentos de suas verticais| Priscilla Fiedler/Divulgação

Para a nova fase que se inicia em 2024, a Pinó terá mais autonomia e liberdade para criar e propor soluções ao mercado dentro do ecossistema de inovação. Como corporate venture building, a empresa trará seu conhecimento em desenvolvimento interno de produtos, projetos e startups, com agilidade, adaptabilidade, senso de oportunidade e estratégia. As propostas, calcadas em aprendizado contínuo, exploração de novos mercados e impulsionamento de crescimento sustentável, são construídas de acordo com a necessidade do segmento.

"A Pinó tem um olhar para toda a cadeia dos setores em que atua. Quando passamos a gerar novos negócios, para além de soluções na comunicação, ficamos ainda mais especializados em nossas verticais de gastronomia, empreendedorismo, inovação, arquitetura e mercado imobiliário", afirma Andréa Sorgenfrei.

0 COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]