Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Política
  3. Paraná
  4. Dois novos colégios da PM abrem no Paraná. E mais três estão previstos

ensino

Dois novos colégios da PM abrem no Paraná. E mais três estão previstos

Cerca de 3 mil estudantes iniciarão o ano letivo em um colégio da PM paranaense

  • Gazeta do Povo
Colégio da PM em Curitiba. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Colégio da PM em Curitiba. Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O ano letivo de 2019 irá começar com dois novos colégios militares no Paraná. A partir de fevereiro, iniciam as atividades o Colégio da Polícia Militar de Cornélio Procópio e o Colégio da Polícia Militar de Maringá. As novas unidades se somam às duas já existentes no estado. Com isso, cerca de 3 mil estudantes iniciarão o ano letivo em um colégio da PM paranaense.

As aulas na rede estadual de ensino começam em 14 de fevereiro. No total, são cerca de 1 milhão de alunos.

Atualmente, são duas as unidades da PM em atividade no estado: o Colégio da Polícia Militar do Paraná Cel. PM Felippe de Sousa Miranda, em Curitiba, e o Colégio da Polícia Militar de Londrina. As unidades se destacam na qualidade do ensino medida pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Veja aqui o desempenho delas.

Os alunos interessados em estudar nestas instituições neste ano, porém, terão que tentar a vaga futuramente. A Secretaria de Estado da Educação (Seed) informa que os colégios da PM já concluíram seu processo classificatório para 2019.

A boa notícia é que novas unidade estão previstas para o estado. Segundo a Secretaria de Educação, estão em fase de implementação o Colégio da Polícia Militar de Cascavel, o Colégio da Polícia Militar de Foz do Iguaçu e o Colégio da Polícia Militar de Pato Branco.

A unidade de Pato Branco, inclusive, teve sua implantação autorizada no último dia 10 por decreto do governador Carlos Massa Ratinho Junior. Já está definido que a escola irá usar a estrutura do Colégio La Salle, que fica em uma área central da cidade.

Segundo o governo, a ideia é que a unidade de Pato Branco, a primeira do Sudoeste, comece a funcionar no ano que vem.

Como funcionam os colégios da PM?

As duas novas unidades que entram em funcionamento em 2019 utilizam estruturas de colégios já existentes. O Colégio Estadual Alberto Carazzai, em Cornélio Procópio, e o Colégio Estadual João XXIII, em Maringá, foram transformados em colégios da PM.

Quando o anúncio das novas unidades foi feito, em outubro, o governo explicou que, como passariam a ser colégios da PM, as escolas estaduais sofreriam mudanças. Os professores continuarão contratados pela rede estadual de ensino, mas o diretor das instituições passa a ser indicado pela Secretaria de Segurança Pública, e não eleito pela comunidade.

Além disso, informou o governo na ocasião, o uso de uniforme será obrigatório para os alunos, que também terão que obedecer regras da formação militar. A proposta pedagógica continua a mesma, estabelecida pela Secretaria de Educação.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE