Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Requião (à esq.) e Osmar Dias também estiveram juntos no palanque da campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência em 2014 | Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo/Arquivo
Requião (à esq.) e Osmar Dias também estiveram juntos no palanque da campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência em 2014| Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo/Arquivo

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) rompeu o silêncio sobre as eleições de 2018 no Paraná e sugeriu que a aliança com o PDT de Osmar Dias pode ser retomada para a disputa ao governo estadual. PMDB e PDT já tinham caminhado juntos, no pleito de 2010, quando foram derrotados, ainda no primeiro turno, pelo PSDB de Beto Richa, reeleito em 2014.

Em vídeo divulgado no seu perfil no Facebook nesta sexta-feira (1º), Requião informa que se encontrou com o ex-senador Osmar Dias, presidente do PDT no Paraná, e que eles definiram que, a partir de agora, farão um “plano de governo comum”. 

“Nós combinamos de reunir equipes para formular um programa comum, dar uma resposta concreta aos professores marginalizados e perseguidos, uma resposta concreta ao desenvolvimento do estado, que parou. A notícia que eu quero dar a vocês é que, neste primeiro momento, sem definição de candidaturas majoritárias, PMDB e PDT estarão redigindo um programa comum para resolver os problemas deixados por essa desgraceira que é o governo do PSDB no Paraná”, anunciou Requião.

Embora tenha dito que não há definição sobre quem será o cabeça da virtual chapa, Osmar Dias já se declarou candidato a governador do Paraná. Requião, por outro lado, permaneceria dividido entre a reeleição ao Senado e o Executivo estadual

Até aqui, Osmar tem mantido conversas com um grande número de lideranças, pertencentes a siglas variadas, inclusive o PSDB. Mas, em entrevista à Gazeta do Povo, já admitiu que acredita que o apoio de Beto Richa será ao deputado estadual Ratinho Júnior (PSD), que também já se coloca como candidato ao governo do Paraná em 2018, assim como Cida Borghetti (PP), atual vice-governadora do estado.

CAIXA ZERO: Apoio de Requião a Osmar Dias mudaria toda a eleição no Paraná em 2018

Em outro vídeo, publicado pouco antes no Facebook, Requião também fala sobre o apoio de Beto Richa no pleito de 2018. O peemedebista inicia dizendo que o tucano está “completamente desmoralizado, com uma rejeição brutal”, e que a estratégia, por isso, seria atuar de forma discreta no apoio a Ratinho. 

“O jogo deles [do grupo de Beto Richa] será eleger o Ratinho Júnior. Mas, para isso, o Beto precisa tirar a sua carga negativa em cima do seu candidato. O Ratinho é o candidato do governo. Ele foi secretário do Desenvolvimento Urbano. A sua bancada [aliados de Ratinho na Assembleia Legislativa] garantiu a aprovação de todas as barbaridades que o Beto e seu fantástico secretário da Fazenda mandaram para a Assembleia Legislativa. Então o Beto apoiaria oficialmente a candidatura da Cida. Mas a máquina do PSDB estaria com o Ratinho”, afirmou Requião. 

Já em seu segundo mandato no governo do Paraná, Beto Richa deve se candidatar no pleito do ano que vem a uma cadeira no Senado.

Osmar Dias: “Estou à disposição de todos os partidos que queiram debater projetos”

Também em vídeo, distribuído nesta sexta-feira (1º) a jornalistas, o ex-senador Osmar Dias confirmou o encontro com Requião, mas preferiu enfatizar que alianças e candidaturas não serão consolidadas agora. O momento, segundo ele, é de unir esforços em torno de um “projeto para o estado, um plano de governo verdadeiro”. 

“Conversar sobre o Paraná é muito mais importante neste momento do que falar sobre candidaturas, sobre alianças, sobre ideologias. Temos muitos problemas. A crise, que se abateu sob a classe política e o país, é muito grave. E, no Paraná, não é diferente. E nós não podemos perder tempo. Eu quero me colocar à disposição de todos os partidos e de todas as pessoas que queiram oferecer suas propostas, seus projetos, para que a gente possa resolver os problemas do Paraná”, declarou ele.

Requião e Osmar chegaram a ser adversários nas eleições de 2006 ao governo do Paraná. No segundo turno da corrida, o então prefeito de Curitiba, Beto Richa, declarou apoio ao pedetista.

Veja os vídeos de Requião no Facebook

Veja o vídeo enviado por Osmar Dias via WhatsApp

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]