i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
novo governo

Bolsonaro anuncia general do Exército para a Secretaria de Governo

Cargo é, atualmente, ocupado por Carlos Marun (MDB) e a pasta tem status de ministério e é responsável pela articulação com o Congresso

  • PorDébora Álvares
  • Brasília
  • 26/11/2018 10:14
 | Reprodução/Twitter/
| Foto: Reprodução/Twitter/

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), indicou o general Carlos Alberto dos Santos Cruz para a Secretaria de Governo. O cargo é, atualmente, ocupado por Carlos Marun (MDB) e a secretaria tem status de ministério e é responsável pela articulação política com o Congresso. 

Inicialmente, o nome de Santos Cruz foi cotado para secretário nacional de Segurança Pública, pasta ligada ao Ministério da Justiça, que ficará sob o comando do ex-juiz federal Sergio Moro. A informação foi divulgada por Carlos Bolsonaro (PSL), filho de Bolsonaro, em seu perfil no Twitter na semana passada. Mas nesta segunda-feira (26) o presidente eleito anunciou Santos Cruz para a Secretaria de Governo. 

LEIA TAMBÉMPrimeiro escalão de Bolsonaro deve ser definido até o fim da semana

O anúncio não deixou claro se a secretaria manterá o status de ministério, nem suas atuais atribuições, que incluem basicamente articulações com o Congresso. Bolsonaro havia deixado essas responsabilidades a cargo da Casa Civil, que será ocupada pelo deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

Perfil

Santos Cruz é general da reserva do Exército e já foi Secretário Nacional de Segurança Pública e comandante das forças da ONU no Haiti e no Congo. Ele é formado pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN).

Cruz é o quarto militar indicado pelo presidente eleito para a equipe ministerial. Além dele, já foram nomeados os generais Augusto Heleno para o Gabinete de Segurança Institucional e Fernando Azevedo e Silva para a Defesa e o tenente-coronel da Força Aérea Marcos Pontes para o ministério da Ciência e Tecnologia. Há, ainda, o general Hamilton Mourão, eleito vice-presidente. 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.