i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
mudança na lei

É empresário? Já tem mudança da reforma trabalhista no eSocial

Receita Federal divulga versão atualizada do eSocial com as mudanças acarretadas pela reforma trabalhista

  • PorDa Redação
  • 20/09/2017 19:20
 | Reprodução/
| Foto: Reprodução/

Se você é empresário e usa o eSocial, fique atento: já há uma mudança no programa que traz as alterações que entrarão em vigor com a reforma trabalhista em novembro. Foi publicada no Diário Oficial na última sexta-feira (15) a resolução nº 11 do Comitê Gestor do eSocial, que aprova a versão 2.4 do leiaute do eSocial.

Essa versão contém as mudanças na legislação trabalhista que estão na lei 13.467/2017, que são as alterações da reforma trabalhista, e estará disponível para as empresas fazerem testes no início de novembro. O novo visual já está cadastrado no site do eSocial.

LEIA MAIS:Tudo sobre a reforma trabalhista

De acordo com a Receita Federal, são poucas as alterações em relação ao leiaute anterior. As modificações eram necessárias para contemplar as informações relacionadas a folha de pagamento das empresas e eventos trabalhistas.

A versão definitiva do eSocial entrará em produção plena a partir de janeiro de 2018 e é obrigatória para empresas com faturamento anual superior a R$ 78 milhões. Para os demais empregadores, o sistema será compulsório a partir de julho de 2018.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.