i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Candidato em SP

Doria diz que suposto vídeo íntimo é um “vergonhoso” caso de “fake news”

Em vídeo ao lado da mulher, Bia Doria, tucano refutou a veracidade das imagens que mostrariam ele em meio a relações sexuais com seis mulheres

  • PorDa Redação
  • 23/10/2018 17:47
Doria divulgou mensagem no Facebook ao lado da esposa Bia para denunciar que é vítima de “produção grotesca”. | Reprodução
Doria divulgou mensagem no Facebook ao lado da esposa Bia para denunciar que é vítima de “produção grotesca”.| Foto: Reprodução

O candidato a governador de São Paulo João Doria (PSDB) manifestou-se nesta terça-feira (23), por meio de um vídeo em seu perfil no Facebook, sobre as imagens que circulam nas redes sociais e supostamente mostram o tucano em uma orgia com seis mulheres.

Ao lado da esposa Bia, com quem é casado há 26 anos e tem três filhos, Doria refutou a veracidade das imagens e lamentou que a campanha eleitoral tenha “chegado a esse nível”. Ele classificou o vídeo como “vergonhoso”, “produção grotesca”, fake news” e disse que buscou a Justiça contra os autores das imagens. Doria também afirmou que irá solicitar os serviços de um perito criminal para analisá-las.

LEIA TAMBÉM: Coronel xinga Rosa Weber e ameaça: “Se aceitar essa denúncia ridícula, vamos derrubar vocês”

“Hoje eu vi um vídeo vergonhoso nas redes sociais, produzido por alguém eu só quer o meu mal, o mal da minha família, uma produção grotesca, fake news. Pedi a um perito criminal que verificasse essas imagens, pedi também medidas judiciais e criminais contra os autores desse vídeo. Lamento muito que a campanha em São Paulo tenha chegado a esse nível, de ferir a nossa família, de ferir um conceito que eu sempre preservei. Refuto isso com toda minha energia”, declarou o tucano.

Após a publicação de uma nota pelo jornal O Globo em que a campanha de Doria acusava o adversário pelo vídeo, o governador Márcio França (PSB), candidato à reeleição, negou autoria. “É lamentável que Doria nos faça essa acusação, que chega a ser quase tão grave quanto a violência de que ele é vítima”, afirmou França no Twitter. “Repudiamos tanto a declaração do candidato, quanto a divulgação desse tipo de vídeo. São Paulo não merece esse constrangimento. Doria não deve medir os outros com a sua régua.”

Às 17h20, Doria liderava o ranking de assuntos mais comentados no Twitter no mundo, com 157 mil postagens.

Assista ao vídeo de Doria comentando o ataque que sofreu

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.