Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Política
  3. República
  4. Lava Jato do Paraná fecha acordo bilionário de devolução de dinheiro

petrolão

Lava Jato do Paraná fecha acordo bilionário de devolução de dinheiro

Pelo acordo de leniência, negociado em conjunto com Estados Unidos e Cingapura, estaleiro internacional Keppel Fels vai devolver R$ 1,4 bilhão. Metade do valor será destinado ao Brasil

  • Kelli Kadanus
Plataforma de | ABR/Petrobras
Plataforma de ABR/Petrobras
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A força-tarefa da Lava Jato no Paraná anunciou nesta sexta-feira (22) que fechou um acordo de leniência bilionário com o estaleiro Keppel Fels . Pelo acordo, celebrado em conjunto com autoridades dos Estados Unidos e e de Cingapura, a empresa vai devolver R$ 1,4 bilhão aos cofres públicos – metade desse valor será destinado ao Brasil.

O acordo ainda aguarda homologação. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a empresa comprometeu-se a devolver o valor correspondente ao dobro de todas as propinas pagas por contratos com a Petrobras de plataformas e navios-sonda. O acordo também contempla a devolução de parcela relevante dos lucros auferidos nos contratos irregulares. O dinheiro será pago no prazo de 90 dias contados a partir da homologação do acordo.

SAIBA MAIS: Keppel Fels participou do bilionário mercado de plataformas e navios-sondas da Petrobras

Metade para o Brasil, metade para os outros países

A assinatura do acordo de leniência no Brasil ocorre em paralelo à assinatura de acordos pela Keppel com autoridades de Cingapura e dos Estados Unidos, que ainda estão sujeitos à confirmação perante os tribunais locais. A interlocução do MPF com as autoridades estrangeiras assegurou que o acordo brasileiro contemplasse 50% de todas as multas a serem pagas pela empresa, sendo o restante dividido entre os outros dois países.

Para o procurador da República Paulo Roberto Galvão, membro da força-tarefa no MPF, “trata-se de uma nova realidade alcançada pelo Brasil a partir da Operação Lava Jato”.

“Enquanto no passado muitas empresas estrangeiras corrompiam no Brasil e pagavam multas apenas no exterior por não acreditarem no funcionamento da Justiça brasileira, hoje o êxito da Lava Jato, aliado à articulação internacional dos procuradores da República, tem permitido que os valores retornem ao Brasil. Para permitir que ainda mais valores desviados sejam devolvidos, não podemos retroceder no combate à corrupção”, ressaltou Galvão.

Lava Jato já recuperou R$ 11,5 bilhões

Segundo o MPF, através dos acordos de leniência e de colaboração premiada, a força-tarefa da Lava Jato já conseguiu recuperar R$ 11,5 bilhões aos cofres públicos até agora. Recentemente, o MPF devolveu de uma só vez R$ 653 milhões aos cofres da Petrobras – maior afetada pela corrupção investigada na Lava Jato. A estatal já recebeu ao todo R$ 1,4 bilhão que haviam sido desviados.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE