| Jonathan Campos/Gazeta do Povo
| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O ex-juiz federal Sergio Moro foi nomeado para compor a equipe de transição e para assumir a coordenação da área de Justiça, Segurança e Combate à Corrupção do grupo. A nomeação consta no Diário Oficial publicado nesta terça-feira (20). Ela foi feita pelo ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, futuro chefe da Casa Civil.

Lorenzoni também delegou a Moro a atribuição de requisitar informações dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, assim como o apoio técnico administrativo necessário para desenvolver os trabalhos da transição.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro mantém Wagner Rosário como ministro da CGU

Moro foi exonerado na segunda-feira (19) do cargo de juiz federal. Ele antecipou o pedido, previsto para janeiro, para evitar as críticas que vinha recebendo por sua participação na transição enquanto ainda permanecia oficialmente como juiz federal. Até então, ele participava das reuniões do grupo de transição de forma voluntária.

Mudança na equipe

Lorenzoni ainda trocou a função de Arthur Bragança de Vasconcellos Weintraub, professor da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e especialista em Previdência . Agora, ele vai coordenar o Grupo Técnico de Cidadania do Gabinete de Transição e não mais a área de Saúde, Previdência e Desenvolvimento Social.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]