Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Jonathan Campos/Gazeta do Povo/Arquivo
| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo/Arquivo

O governo de Michel Temer apresentou o projeto de reforma da Previdência com uma série de mudanças que atinge praticamente todos os trabalhadores. Pela nova proposta, a idade mínima para se aposentar será de 65 anos, com pelo menos 25 anos de contribuição. A regra passa a ser a mesma para homens e mulheres, sejam empregados da iniciativa privada, professores, servidores públicos ou trabalhadores rurais. Os militares ficaram de fora. Os policiais ainda dependem dos estados para atenderem às novas normas.

O fator previdenciário, legado do governo de Fernando Henrique Cardoso, foi extinto. Assim como a fórmula 85/95, aprovada na administração de Dilma Rousseff. Agora, para receber o benefício integral, o trabalhador precisará contribuir para a Previdência por pelo menos 49 anos.

Para entrar em vigor, o projeto deve ainda ser aprovado pelo Congresso. A previsão é que isso ocorra em 2017. Entenda o que de mais importante vai mudar com a reforma:

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]