Advogado paranaense é um dos cotados para assumir pasta do Meio Ambiente de Bolsonaro

Advogado paranaense é um dos cotados para assumir pasta do Meio Ambiente de Bolsonaro

Um dos quatro nomes cotados para o Ministério do Meio Ambiente do governo Jair Bolsonaro é o advogado ambientalista paranaense Rômulo Silveira da Rocha Sampaio, de 39 anos. Ele mora no Rio de Janeiro há dez anos, mas vem com frequência a Curitiba para visitar os pais e também a trabalho. Seu escritório tem clientes no Paraná. Rômulo é filho do desembargador aposentado e pecuarista Ricardo Sampaio, ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PR). Ele nasceu em Londrina e se formou na PUCPR. É doutor em meio ambiente pela Pace University, de Nova York, e professor de graduação e pós-graduação da FGV-RJ. “Meu nome surgiu como alternativa pelo meu currículo, que é muito técnico, e pelo fato de ter afinidade com o setor rural, por ser filho de pecuarista, e casado com uma capitã do Exército (a mesma patente do presidente eleito)”, disse Rômulo ao blog. O pai dele tem fazenda no Mato Grosso do Sul, estado dos futuros ministros da Agricultura, Tereza Cristina, e da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ambos do DEM. Rômulo é filiado ao NOVO.

O advogado disse ainda que tem sido procurado nos últimos dias por representantes do agronegócio, que estariam apoiando seu nome, entre eles a Sociedade Rural do Paraná, com sede em Londrina. Procurado pelo blog, o presidente da entidade, Antonio Sampaio, confirmou o apoio. Segundo ele, o currículo e a capacidade técnica de Rômulo, além da ligação com Londrina, foram fatores decisivos para o apoio ao seu nome.

8 RECOMENDAÇÕES PARA VOCÊ