i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Capitão Adriano

Bolsonaro diz que miliciano foi morto pela ‘PM da Bahia, do PT’

  • PorGazeta do Povo com Estadão Conteúdo
  • 15/02/2020 17:11
'Movimentar dinheiro não é crime', diz advogado de Flávio. Defesa classifica investigações como "santa inquisição" contra pai e filho.
Presidente da República, Jair Bolsonaro, ao lado do filho, Flávio.| Foto: Evaristo Sa/ AFP

"Quem foi responsável pela morte do capitão Adriano foi a PM da Bahia, do PT. Precisa dizer mais alguma coisa?", disse neste sábado (15) o presidente da República, Jair Bolsonaro. A afirmação é uma referência ao miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, morto no município de Esplanada, a 170 km de Salvador, e que no passado recebeu homenagens da família Bolsonaro. Entre elas, a Medalha Tiradentes, maior honraria da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, concedida em 2005 pelo então deputado estadual e hoje senador Flávio Bolsonaro (Sem Partido-RJ), filho do presidente.

"A medalha foi em 2005. Não tem nenhuma sentença julgada condenando o capitão Adriano por nada, sem querer defendê-lo", afirmou Bolsonaro em evento no Rio ao lado de Flávio. O presidente disse ainda que a homenagem foi um pedido dele ao filho. Jair Bolsonaro declarou que, quando foi condecorado no Legislativo fluminense, Capitão Adriano "era um herói".

Perguntado sobre o motivo da morte do miliciano, Bolsonaro citou a imprensa dizendo que leu que seria "queima de arquivo".

Flávio Bolsonaro defendeu homenagem a capitão Adriano

Ao ser perguntado por que o filho condecorou o miliciano, Bolsonaro chamou o filho, Flávio, para esclarecer a homenagem. "Isso tem 15 anos", disse o senador. "Homenageei centenas e centenas de policiais militares que venciam a morte todos os dias e vou continuar defendendo", completou.

Flávio Bolsonaro lembrou ainda que pediu nas redes sociais para que o corpo do miliciano não fosse cremado, já que, como mostrou reportagem da revista Veja, Adriano teria sido torturado. "Pra falar o que? Com certeza não é pra falar sobre nós, porque não tem o que falar contra nós, não temos envolvimento nenhum com milícia", disse o senador, bem exaltado.

Bolsonaro e o filho encerraram a entrevista ao serem perguntados por que empregaram parentes do miliciano morto. Sem responder, seguiram para um evento evangélico do pastor RR Soares, na Enseada de Botafogo, zona sul do Rio.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    APJr

    ± 1 dias

    Corretíssimo, como sempre, o presidente ! Com o PT não se brinca ... que o diga o ex-prefeito Celso Daniel !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • D

      Dimas

      ± 1 dias

      Cada vez que vejo Bolsonaro falar a verdade pra essa imprensa maléfica, que se pagar fala bem se não pagar eles acabaram com as pessoas e aínda diz que a imprensa é livre, ela faz o que você paga se não pagar para dar audiência ela destrói famílias, e por isso que admiro esse presidente, se esse coitado tivesse o rabo preso, estava destruído, sem achar nada eles procuram pelos em ovos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • C

        carlos

        ± 2 dias

        Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • Z

          Zyss

          ± 1 dias

          Famiglia esquerdista: gente burra, gente manipulável, gente que não presta.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.