Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Em discurso para apoiadores, o presidente ignorou apelo do Centrão e manteve tom duro de críticas ao sistema eleitoral.
Em discurso para apoiadores, o presidente ignorou apelo do Centrão e manteve tom duro de críticas ao sistema eleitoral.| Foto: Reprodução/ Twitter

Neste sábado (31), o presidente Jair Bolsonaro participou de uma motociata em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Em discurso para os manifestantes, Bolsonaro voltou a defender a lisura das eleições por meio do uso do voto auditável.

"Queremos eleições, votar, mas não aceitaremos uma farsa como querem nos impor. O soldado que vai à guerra e tem medo de morrer é um covarde. Jamais temerei alguns homens aqui no Brasil que querem impor sua vontade", disse o presidente.

A motociata e o discurso ocorrem dois dias depois de Bolsonaro fazer uma transmissão ao vivo pela Internet na qual atacou duramente o sistema eleitoral. E um dia depois de ouvir dos líderes do Centrão um apelo para que baixasse o tom do discurso.

Os ministros Marcelo Queiroga (Saúde) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) acompanharam o presidente nesta que foi a sexta motociada organizada por apoiadores de Jair Bolsonaro desde maio.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]