i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Trabalho

A medida de Bolsonaro que põe medo nos sindicatos

  • PorGazeta do Povo
  • 25/11/2019 10:24

O governo federal sinalizou que pode adotar uma medida que tem causado arrepios em diversos sindicatos pelo Brasil. Trata-se do fim da unicidade sindical, um princípio constitucional que faz com que cada cidade possa ter apenas uma entidade sindical por categoria em cada cidade. Ainda não há uma proposta formal sobre o assunto, mas a vontade do governo em derrubar esse conceito é clara. A ideia é acabar com essa exclusividade para que mais sindicatos possam ser criados, criando mais concorrência entre as categorias. O problema é que, para muitas entidades representativas, isso pode ser uma sentença de morte e muita gente já se posicionou contra a mudança.

-------------------------------------------------------

Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais:

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • A

    A.C.T.

    ± 0 minutos

    Lembro uma vez que o "carniça" quando era sindicalista veio à Curitiba negociar o aumento de trabalhadores em uma empresa que preservo o nome, ela iria oferecer 6,5%, aos trabalhadores e eles iriam pedir 4,5% o"carniça" acordou em 5% pegou a comissão dele e saiu como herói, assim agia esse traste.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Aldo Matias Pereira

    ± 21 horas

    Tenho sérias dúvidas qto a isso. Se hoje, com a unicidade, temos mais de 17 mil sindicatos, fora as centrais, como será depois? Se tem um coisa q os sindicatos não fazem nunca, em hipótese alguma, é representar os trabalhadores. Aquilo lá virou um ringue para dis****s ideológicas, sempre de mesmo sinal, em função da única coisa que de fato interessa aos sindicalistas: o poder. Hoje em dia, a profissão - sim o troço virou profissão - mais profícua, mais vantajosa, mais recompensadora é a de dirigente sindical até porque ali se criou uma casta e, quem consegue entrar, está com a vida ganha, pode colocar os burros na sombra. Depois de lulla, melhor ainda pq não se tem de prestar contas de nada

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.