• 07/10/2020 13:56
São Paulo

Eleições 2020: MP abre investigação sobre disparo em massa de mensagens pelo WhatsApp

  • 07/10/2020 13:56
  • PorGazeta do Povo
    Disparo de mensagens em massa foi proibido pelo TSE.
    Disparo de mensagens em massa foi proibido pelo TSE.| Foto: Maicon J. Gomes/Gazeta do Povo

    O Ministério Público Eleitoral em São Paulo abriu uma investigação a respeito de empresas que estariam oferecendo o serviço de disparo de mensagens em massa pelo WhatsApp para campanhas eleitorais, segundo informa o portal G1. A apuração foi aberta após reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo apontar que pelo menos cinco empresas estão oferecendo esse tipo de serviço a candidatos a vereador e a prefeito – prática que é proibida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para fazer os disparos em massa, as empresas estariam, ainda, extraindo dados pessoais dos eleitores por meio do Instagram e do Facebook, o que também é irregular.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.