• 03/04/2020 22:47
Aposentadoria

Empregado com jornada menor pode ter que complementar contribuição ao INSS

  • 03/04/2020 22:47
    • Estadão Conteúdo
    Agência do INSS
    Empregado com jornada menor pode ter que complementar contribuição ao INSS| Foto: Jonathan Campos/Arquivo/Gazeta do Povo

    Trabalhadores que tiverem jornada e salário reduzidos ou contrato suspenso durante a pandemia do novo coronavírus podem ter de complementar a contribuição ao INSS, caso desejem contabilizar o período para o pedido de aposentadoria. O maior impacto recairá sobre os que tiverem o vínculo interrompido: para contribuir, precisarão pagar uma alíquota maior, de 20%. Com as negociações permitidas pelo Programa de Manutenção do Emprego e da Renda, empregados podem ficar com a parcela do salário menor que o piso nacional (R$ 1.045) ou até zerada no caso da interrupção temporária do vínculo. Só que apenas contribuições que atinjam ao menos 7,5% do salário mínimo são contabilizadas como período de contribuição. O governo já frisou que ninguém receberá menos de um salário mínimo na soma do salário e do benefício emergencial que será pago pela União aos trabalhadores com carteira afetados pela crise. Mas o auxílio não faz parte da base de cálculo da contribuição ao INSS, daí a necessidade de complemento.O recolhimento pode ser feito por meio de DARF, emitida no site do INSS; não há necessidade de se dirigir a uma agência do órgão para continuar contribuindo.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.