• 03/09/2019 15:08
Operação Vagatomia

PF faz operação por fraudes de R$ 500 milhões no Fies, ProUni e Revalida

  • 03/09/2019 15:08
  • PorEstadão Conteúdo
    Moro determinou apuração sobre inquérito na PF com nome de Helio Negão
    Moro determinou apuração sobre inquérito na PF com nome de Helio Negão| Foto: Agência Brasil

    Um grupo de mais de 20 pessoas foi preso nesta terça-feira (3) durante a Operação Vagatomia, que investiga um esquema de fraudes na concessão do Fies, ProUni e nos cursos de complementação do exame Revalida, para revalidação de diploma de Medicina. Estimativas da Polícia Federal indicam que, nos últimos cinco anos, aproximadamente R$ 500 milhões do Fies e do ProUni foram concedidos de forma fraudulenta. As investigações duraram cerca de oito meses e identificaram que o líder do esquema era o próprio dono da universidade. Ao todo, 77 mandados judiciais foram cumpridos, sendo 22 de prisão. As atividades da "Vagatomia" foram realizadas em Fernandópolis, São Paulo, São José do Rio Preto, Santos, Presidente Prudente, São Bernardo do Campo, Porto Feliz, Meridiano, Murutinga do Sul e São João das Duas Pontes, no estado de São Paulo e no município de Água Boa, no Mato Grosso.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.