• 29/05/2020 17:28
Força-tarefa

Governo seleciona 5,3 mil militares e aposentados para trabalhar no INSS

  • 29/05/2020 17:28
  • Brasília
INSS
Atualmente, há 1,55 milhão de benefícios em análise.| Foto: André Rodrigues/André Rodrigues

O governo selecionou 5.330 militares inativos e servidores públicos aposentados para trabalhar na força-tarefa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O objetivo é reduzir a fila de concessão de benefícios. Foram selecionados 1.969 militares inativos, 1.900 servidores aposentados da carreira do seguro social e 1.461 aposentados das demais áreas do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). Entre os selecionados, 585 estão aptos a trabalhar exclusivamente na análise de requerimentos, o que acelerará a resposta aos segurados. Eles começam em 8 de junho. O restante trabalhará no atendimento ao público e em áreas administrativas do INSS. O contrato será válido até 31 de dezembro de 2021, podendo ser prorrogado por mais um ano. Atualmente, há 1,55 milhão de benefícios em análise, sendo 615 mil benefícios que dependem exclusivamente de análise do INSS e o restante dependendo de documentação complementar dos postulantes a segurados.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.