• 17/06/2020 18:06
Pandemia

Pazuello tenta acordo para atender Centrão e SUS na divisão dos R$ 10 bi para Covid-19

  • 17/06/2020 18:06
    • Estadão Conteúdo
    O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello.
    O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello.| Foto: Erasmo Salomão/MS

    O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, costura um acordo com o Palácio do Planalto que agrade, ao mesmo tempo, partidos do Centrão e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) na partilha de R$ 10 bilhões destinados a estados e municípios para o combate à Covid-19. O recurso extra foi liberado por Medida Provisória editada em maio. Pazuello tem feito reuniões com conselhos de secretários de saúde de Estados (Conass) e municípios (Conasems), além de representantes do Palácio do Planalto. Secretários pedem que a distribuição de uma primeira parcela de R$ 2 bilhões, pelo menos, seja feita por critérios como incidência de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) e disponibilidade de leitos em cada região. O Planalto cobra que questões políticas também sejam levadas em consideração na partilha. A portaria que definirá a distribuição do recurso será discutida em reunião na quinta-feira (18) entre o ministro e os conselhos. A equipe de Pazuello corre para costurar o acordo antes do encontro. Há ainda possibilidade de pagar os R$ 10 bilhões em uma parcela, defendida por integrantes do Palácio do Planalto para criar uma "agenda positiva" ao governo Bolsonaro.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.