• 18/09/2020 18:25
Como testemunha

PF intima Moro a depor no inquérito dos atos antidemocráticos

  • 18/09/2020 18:25
    • Estadão Conteúdo
    PF intima Moro a depor no inquérito dos atos antidemocráticos
    Ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro.| Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

    Nesta sexta-feira (18), o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro foi intimado a depor no inquérito do Supremo Tribunal Federal que apura a organização e o financiamento de atos antidemocráticos. O pedido partiu da Polícia Federal, que também solicitou oitivas com o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). Segundo a defesa de Moro, ele será ouvido na condição de testemunha no dia 2 de outubro, na Superintendência da PF de Curitiba. A oitiva foi motivada em razão de o ex-juiz da Lava Jato ter ocupado o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública na época dos fatos investigados. O inquérito tramita em sigilo no Supremo e já fechou o cerco sobre deputados, youtubers e influenciadores bolsonaristas.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.