• 17/10/2020 11:48
Estado de Emergência

Rodrigo Maia se manifesta contra prorrogação de estado de calamidade

  • 17/10/2020 11:48
    • Estadão Conteúdo
    rodrigo Maia - Estado de calamidade
    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia e o ministro da economia, Paulo Guedes.| Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

    O presidente da Câmara, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou neste sábado (17), durante evento virtual da XP Investimentos, que a possibilidade de prorrogação do estado de calamidade, decretado durante a pandemia do novo coronavírus, por mais três meses "não existe". Segundo ele, isso significaria a prorrogação, também por mais três meses, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento de Guerra, o que "seria uma sinalização muito ruim quanto à âncora fiscal". A ampliação do estado de calamidade vem sendo ventilada por senadores, como forma de dar tempo ao governo federal para que o Planalto consiga implementar o Renda Cidadã, programa de renda mínima que pretende substituir o Bolsa Família. Ao avaliar a questão, Maia lembrou que o orçamento primário brasileiro tem hoje "pouca gordura", o que afeta a capacidade do governo de manter o auxílio emergencial - lançado durante a pandemia - por mais tempo.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

      Fim dos comentários.