• 02/09/2020 20:13
Funcionalismo

Servidores chamam reforma administrativa de “caixa preta” e falam em mobilização

  • 02/09/2020 20:13
    • Estadão Conteúdo
    Servidores chamam reforma de "caixa preta"
    Proposta de reforma administrativa do governo altera regras para os futuros servidores| Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

    Na véspera do envio da reforma administrativa pelo governo federal, que mudará as regras para novos integrantes do serviço público, os atuais servidores reclamam de falta de diálogo do governo sobre a proposta. Categorias já se mobilizam para atuar junto a parlamentares e na Justiça. "Agora, vai se abrir uma guerra como foi com a reforma da Previdência, com emendas e judicialização. Estamos nos preparando para agir, depende do que vem e como vem", afirmou Rudinei Alves, presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), que representa 200 mil servidores de áreas como comércio exterior e fiscalização. Para o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (Sindifisco), Kleber Cabral,"a chamada reforma administrativa é uma caixa preta". O Fonacate também divulgou nota em que diz que em nenhum momento houve "diálogo ou consulta" por parte do governo para "compartilhamento de diagnósticos, alternativas ou caminhos da proposta". Uma das maiores preocupações dos sindicalistas é com o fim da estabilidade. Cabral reforça que a garantia de manutenção do emprego é um instrumento importante de proteção contra interferências político-econômicas.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.