• 23/09/2020 22:17
Contribuição sobre folha de pagamento

Orçamento bilionário: STF mantém atual modelo de financiamento do Sebrae

  • 23/09/2020 22:17
    • Estadão Conteúdo
    O julgamento colocava em risco imediato R$ 4 bilhões do orçamento anual.
    O julgamento colocava em risco imediato R$ 4 bilhões do orçamento anual.| Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

    Em uma vitória para o governo, o Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quarta-feira (23) que é constitucional o uso da folha salarial das empresas como base de cálculo para a cobrança da contribuição que sustenta o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). O julgamento colocava em risco imediato R$ 4 bilhões do orçamento anual desses órgãos. Conforme a Lei nº 8.029, de 1990, as empresas brasileiras são obrigadas a recolher 0,3% de contribuição sobre a folha de pagamentos para financiar essas entidades. O Sebrae fica com 85,75% dos recursos arrecadados.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.