• 04/07/2020 12:40
24 horas

Um dia depois de promoção, TJ-SP aposenta magistrada com salário de R$ 35 mil

  • 04/07/2020 12:40
    • Gazeta do Povo
    tj-sp-aposenta-magistrada-promovida
    Como desembargadora, magistrada passa a receber R$ 35.462,22. Mas, salário pode ser maior.| Foto: Pixabay

    Um dia depois de ser promovida à desembargada, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) aposentou a magistrada Ligia Donati Cajon, que passou a ganhar o teto do salário do judiciário no estado (R$ 35.462,22). A promoção seguida de aposentadoria chamou a atenção, já que o TJ-SP afirma estar em um plano de corte de gastos que prevê a suspensão de concursos e nomeações. Procurado pela Folha de S. Paulo, o órgão informou que "a promoção foi por conta de direito e a aposentadoria também". Um levantamento feito pelo jornal, em 2019, no entanto, dá conta que a remuneração bruta de um desembargador em São Paulo pode chegar a R$ 56 mil - contando benefícios e "penduricalhos". As informações são da Folha.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

      Fim dos comentários.