i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Eleições

Congresso mantém veto à volta da propaganda partidária em rádio e TV

  • PorGazeta do Povo
  • Brasília
  • 03/12/2019 19:37
  • Atualizado em 03/12/2019 às 19:55
Presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e parlamentares na sessão desta terça-feira: veto à propaganda partidária foi mantido.
Presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e parlamentares na sessão desta terça-feira: veto à propaganda partidária foi mantido.| Foto: Lula Marques/Fotos Públicas

O Congresso Nacional manteve nesta terça-feira (3) o veto do presidente Jair Bolsonaro à retomada da propaganda partidária gratuita na televisão e no rádio, causando insatisfação entre os deputados.

O veto foi derrubado pelos deputados, na primeira votação, por 277 votos contra 155, mas se sustentou ao ser analisado pelos senadores. Foram 39 votos a favor da derrubada e 21 contra. Como no Senado não foi atingido o quórum de maioria absoluta (41 votos), o veto foi mantido. Era necessário o aval da Câmara e do Senado para derrubar o veto.

Irritados com a derrota após exaustiva articulação nos bastidores, diversos partidos iniciaram uma obstrução, o que gerou o encerramento da sessão do Congresso logo depois.

A volta da propaganda partidária faz parte da reforma eleitoral aprovada pelo Congresso em setembro (Lei 13.877, de 2019), mas foi vetada pelo presidente com o argumento de que ela criava renúncia de receitas para o poder público sem apontar uma redução equivalente de despesa.

O deputado Airton Faleiro (PT-PA) disse que a Câmara fez o seu papel ao derrubar o veto e lamentou a posição do Senado, que manteve a decisão do Poder Executivo. “Agora estamos com esse ambiente generalizado de obstrução. A Câmara fez o seu papel, mostrando a importância do fortalecimento da organização partidária e o papel dos partidos como pilar da democracia”, disse.

O senador Esperidião Amin (PP-SC) rejeitou as críticas ao Senado. “O que foi votado, votado está. Criticar a Casa que votou assim ou assado não é bom. O Senado tem o direito de se manifestar e se manifestou.” Já o deputado Arthur Lira (PP-AL) pediu o encerramento da sessão. “Presidente, encerre a sessão para que não tenhamos mais dissabores”, afirmou.

A sessão foi encerrada sem que outros vetos à minirreforma eleitoral fossem apreciados. Entre eles, o que impede os partidos de utilizarem recursos do fundo partidário para pagar multas e os que dificultava a inelegibilidade de candidatos com problemas judiciais.

6 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 6 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • N

    Nelson Correa

    ± 2 horas

    Quanto custa o minuto que se paga para as tvs? Todas recebem igual?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • C

      CARLOS RF

      ± 10 horas

      Aos poucos o Brasil vai entrando nos trilhos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • G

        Glecio

        ± 10 horas

        Pior do que ser roubado é ser obrigado a ouvir o ladrão !! Que se mantenha o veto ! Bando de ladrão safado

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • R

          Rogério

          ± 10 horas

          Já que nos levam o dinheiro...que pelo menos nos poupem o tempo!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • N

            Nícolas

            ± 11 horas

            Ah se utilizassem esse dinheiro em campanhas educativas e de conscientização! Usar tempo de TV (essa coisa que começa a se tornar arcaica) e rádio para unir o país ao redor daquilo que realmente influi na vida do povo. Obrigado, senadores. A gente ainda chega lá... Haja resiliência nesse país.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • D

              Decio mango

              ± 11 horas

              O senhor meu deus..

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              Fim dos comentários.