Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A CPI da Covid retoma nesta terça-feira (3) as sessões de depoimentos após duas semanas de recesso legislativo. Quem vai ser ouvido é o reverendo Amilton Gomes de Paula, que teria sido autorizado pelo governo a negociar a compra de 400 milhões de doses da vacina Astrazeneca com a empresa Davati, num processo suspeito de corrupção.

Antes do depoimento, porém, os senadores da CPI podem votar uma série de requerimentos. Dentre eles, podem estar pedidos de quebra de sigilo bancário de veículos de comunicação e de pessoas que são responsáveis por sites de direita.

Dentre os 135 requerimentos que estão na agenda da CPI, há pedidos de quebra de sigilo fiscal e bancário da rádio Jovem Pan. Também é pedida a quebra do sigilo bancário dos responsáveis pelos sites Terça Livre (Allan dos Santos), Conexão Política (Raul Nascimento dos Santos), Crítica Nacional (Paulo Enéas), Jornal da Cidade (José Pinheiro Tolentino Filho), Renova Mídia (Tarsis de Sousa Gomes) e das produtoras LHT Higgs LTDA (Brasil Paralelo) e Farol Produções Artísticas (Senso Incomum). Todos foram formulados pelos senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Humberto Costa (PT-PE).

Também estão na lista requerimentos de convocação de ministros do governo Bolsonaro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]