i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Notícias falsas

CPI das Fake News: oposição ganha influência e governo teme “tribunal de exceção”

  • PorOlavo Soares
  • Brasília
  • 23/10/2019 16:01
Jornalistas, Rui Falcão (e) e Luzianne Lins têm sido vozes do PT na comissão
Deputados oposicionistas, como Rui Falcão e Luzianne Lins, têm ditado o ritmo da comissão.| Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Fake News, que integra Câmara dos Deputados e Senado, nasceu sob contestação de apoiadores do governo de Jair Bolsonaro (PSL), que veem nesse movimento uma tentativa de criar um "tribunal de exceção". A ideia de uma comissão para investigar a disseminação de supostas notícias falsas durante o período eleitoral foi interpretada por aliados de Bolsonaro como um ataque direto ao presidente e a seus defensores, principalmente por ter como um dos focos a divulgação de informações via redes sociais, uma das principais armas do PSL durante o período eleitoral.

O que já era delicado aos governistas, porém, se acentuou diante de duas situações: a crise que aflige o PSL e o baixo interesse de parlamentares da base do governo em se fazerem representados na comissão. Melhor para a oposição, que tem ampliado sua influência na condução do colegiado. Nesta quarta-feira (23) foi aprovada a convocação da deputada e ex-líder do governo, Joice Hasselmann (PSL-SP), e do empresário Luciano Hang, dono da Havan e bolsonarista declarado.

A briga no PSL fez com que o partido trocasse, temporariamente, seus membros na comissão. Caroline de Toni (SC) e Filipe Barros (PR) chegaram a dar lugar a Julian Lemos (PB) e Nereu Crispim (RS), ambos ligados à ala “bivarista” do PSL. Com a chegada de Eduardo Bolsonaro (SP) à liderança do partido, Caroline e Barros voltaram a seus postos.

A baixa participação de membros da base aliada foi um elemento de destaque na comissão na sessão da terça-feira (22). À exceção da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS), a quase totalidade dos parlamentares que se pronunciaram são contrários ao governo – como Rui Falcão (PT-SP), Luzianne Lins (PT-CE), Natália Bonavides (PT-RN) e a relatora da comissão, Lídice da Mata (PSB-BA).

A situação fez com que, com a sessão ainda em andamento, a senadora Soraya protestasse nas redes sociais. “Na audiência pública da CPI da FakeNews, proposta pelo DEM, partido mais prestigiado da base aliada, e avalizada pela liderança do GovSenado, para combater fakes contra o PR. Mas na hora da bronca sobra para os soldados da trincheira. Sem problemas! Vamos matar no peito!”, escreveu a parlamentar, em seu perfil no Twitter.

“Não basta votar com o governo, é preciso articular”

À Gazeta do Povo, a senadora reforçou as críticas à base aliada do governo, em especial ao DEM. A parlamentar lembrou que o partido detém ministérios no governo Bolsonaro – Saúde, com Luiz Henrique Mandetta; Casa Civil, com Onyx Lorenzoni; Agricultura, com Tereza Cristina – e contou com o apoio do PSL nas eleições para as presidências da Câmara e do Senado.

“É um partido que tem muito espaço no governo Bolsonaro, mas eu não percebo essa reciprocidade. Não basta votar com o governo, é preciso articular. Nós do PSL somos poucos. E, além disso, não somos base; somos governo. Por isso deveria haver uma contrapartida”, disse.

A senadora disse que, na sua avaliação, a CPI teve seu objetivo inicial “desvirtuado”. “Estão tentando desvirtuar o escopo inicial da CPI. Queremos fazer uma lei que não coíba a liberdade de expressão, que faça com que os mentirosos sejam punidos", apontou. Durante a audiência da terça, Soraya Thronicke questionou participantes que disseram ver no aumento das fake news o resultado de um crescimento da influência da direita no cenário político. "Isso independe de ideologia", declarou.

Riscos colocados para o governo

As turbulências no PSL e a conversão de aliados em adversários do governo são fatores que podem influenciar na lista de depoentes da CPI das Fake News. A ex-líder do governo no Congresso e antiga apoiadora de primeira hora de Bolsonaro, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), tem dito publicamente que os filhos do presidente gerenciam "milícias virtuais" na internet. E o ex-ministro Santos Cruz, que foi titular da Secretaria de Governo e caiu após embates com Carlos Bolsonaro, disse que aceitará o convite para falar à comissão – o requerimento foi apresentado pelo deputado Marcelo Ramos (PL-AM).

A oposicionista Natália Bonavides (PT-RN) reconhece que a instabilidade no PSL tem deixado o partido do governo mais fragilizado nos trabalhos da comissão. "Eles têm trocado membros, o que gera uma mudança de cenário caso ocorram votações. Teremos que aguardar 'as cenas dos próximos capítulos' para ver como vai ficar, em definitivo, a composição do PSL", disse a petista.

A deputada destacou que, mesmo sendo contrária ao governo, não considera positiva para a CPI a crise no PSL. "A gente gostaria que o PSL, com quem quer que seja, ajudasse nos trabalhos da comissão, nos fizesse compreender os fatos. Queremos que a CPI possa ouvir os membros das empresas, como Facebook, Twitter e Whatsapp", destacou.

PSL planeja contra-ataque na CPI das Fake News

Recolocada na comissão e integrante da ala 'bolsonarista' do PSL, a deputada Caroline de Toni avalia que a tática que planeja adotar para reverter o que considera um viés "antigoverno" na comissão é o de expor possíveis irregularidades cometidas por adversários de Jair Bolsonaro.

"Se eles querem bater no Bolsonaro, vamos então mostrar o que os outros fizeram. Dizer quem está propagando coisas falsas. Nós pautamos requerimentos com este objetivo", disse a parlamentar. Segundo Caroline, a acusação de que a direita se beneficiou de redes de notícias falsas é inverídico. "Tudo sempre foi orgânico, espontâneo. É a notícia enviada pela vovozinha, pela tia, pelas pessoas que queriam mudança".

A deputada avalia que a CPI tem se tornado um "tribunal de exceção" contra o governo e acredita que os veículos de mídia tendem a se prejudicar se as ideias apresentadas na CPI prosperarem. "Nós vamos continuar defendendo o direito de todos de propagar notícias, ainda que elas sejam depois desmentidas", apontou.

10 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 10 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • D

    Decio mango

    ± 12 horas

    Fake news sao estes jornalecos de meia pataca ..gazeta...foia..grobo...veja...e outras b0stas

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Cidadão Brasileiro

      ± 10 horas

      Decio mango: vc é um hater?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jorge Dias

    ± 12 horas

    Agradeçam ao Kim, não o da Koreia do Norte, mas sim o do MBL.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    PAULO C.P.

    ± 13 horas

    Bozo = fake news

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      Decio mango

      ± 12 horas

      Lulla preso news...militrouxa babaca news

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    aramis tissot filho

    ± 13 horas

    Agora todo mundo chama de milícia digital a vontade popular de mudar o rumo da política...... o povo não aguenta mais o mesmo cinismo político de sempre..... perderam a eleição ( não foi pro Bolsonaro) pra vontade popular de mudança e ética...... e agora o povo vai ser chamado de opressor e ingrato.... kkkkk..... os perdedores sempre culpam o árbitro da partida , não é mesmo?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cidadão Brasileiro

    ± 14 horas

    “...tudo orgânico...” disse a de****da! Então por que tem medo de luzes sobre o assunto?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • R

      Renata

      ± 10 horas

      Exato. Só o fato de não querem a CPMI já é muito suspeita. Acho que tem algo muito errado nesse grupo político que apareceu do nada e venceu a eleição.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CSG

    ± 14 horas

    Tribunal de exceção para lá , tribunal de exceção para cá. Esta tudo certo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AMAURI

    ± 15 horas

    Quem não deve, não treme, né Bozóides?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]