Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

- Desistências de pré-candidatos como Sergio Moro e João Doria abriram margem para o debate sobre a disputa pela Presidência ser resolvida ou não no primeiro turno

*) Quais as chances de a eleição presidencial ser resolvida em primeiro turno? Alguns fatores recentes no cenário pré-eleitoral fizeram com que essa pergunta fosse feita mais frequentemente.

Entre esses fatores está a desistência de João Doria, agora ex-pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB. Mesmo assim, analistas divergem sobre a possibilidade de que o pleito termine no dia 2 de outubro, e não no dia 30 de outubro, data prevista para o segundo turno.

Com os resultados de algumas pesquisas mais recentes, o PT avalia a necessidade de ampliar a busca pelo chamado "voto útil" para o primeiro turno da disputa.

Já o núcleo de campanha do presidente Jair Bolsonaro aposta nas entregas de obras do governo federal para frear o desempenho do adversário nas pesquisas.

Este episódio do 15 Minutos analisa esse assunto. O convidado é o Wesley Oliveira, repórter da editoria de República da Gazeta do Povo, que acompanha as movimentações e assina reportagem sobre este tema.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]