Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Área de floresta desmatada.
Área de floresta desmatada.| Foto: Arquivo /Agencia Brasil

O diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão, que esteve no centro da polêmica com o presidente Jair Bolsonaro sobre os dados que mostram um crescimento no desmatamento da Amazônia, foi exonerado do cargo nesta sexta-feira (2).

A decisão foi anunciada por ele mesmo após reunião que teve com o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. "Diante da maneira como eu me manifestei com relação ao presidente, criou um constrangimento, ficou insustentável e eu serei exonerado", afirmou Galvão a jornalistas que estavam em frente ao ministério após a reunião. Galvão estava no Inpe desde 1970 e cumpria mandato à frente do órgão que deveria se encerrar apenas em 2020.

67 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]