i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Dados do Coaf

Julgamento no STF decide futuro de Flávio Bolsonaro e outras 934 investigações

  • PorKelli Kadanus
  • Brasília
  • 19/11/2019 17:13
Flávio Bolsonaro é um dos interessados no julgamento do STF nesta semana, sobre compartilhamento de dados com o MP
Flávio Bolsonaro é um dos interessados no julgamento do STF nesta semana, sobre compartilhamento de dados com o MP| Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga nesta quarta-feira (20) se órgãos de controle, como a Unidade de Inteligência Financeira (UIF - antigo Coaf) e a Receita Federal, podem compartilhar dados detalhados de fiscalização com o Ministério Público sem autorização judicial. O julgamento terá impacto em um total de 935 investigações, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR). O caso mais rumoroso é o que investiga o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) pela prática de “rachadinha”, ou seja, apropriação do salário de servidores do gabinete quando ele era deputado estadual.

Em julho, o presidente do STF, Dias Toffoli, atendeu a um pedido da defesa de Flávio e paralisou todas as investigações do país com base em dados obtidos por órgãos de controle. Segundo a PGR, a decisão resultou na paralisação de pelo menos 935 inquéritos policiais, procedimentos investigatórios criminais e ações penais que tramitam com a atuação do Ministério Público Federal.

O argumento para proibir o compartilhamento dos dados é que esta seria uma artimanha para driblar a necessidade de autorização judicial para quebra de sigilo fiscal e bancário de investigados. A PGR destaca que a elaboração e o compartilhamento com o MP dos informes de inteligência financeira, assim como o envio de representações criminais por outros órgãos de controle, encontram respaldo na legislação brasileira e em recomendações do Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento do Terrorismo (Gafi), organismo internacional formado por países-membros da OCDE e outros associados.

Recentemente, Toffoli pediu ao Banco Central que encaminhasse ao Supremo cópia de todos os relatório produzidos pela UIF nos últimos três anos. Com isso, o presidente do STF teria em mãos dados sigilosos de cerca de 600 mil pessoas físicas e jurídicas. Depois da polêmica causada pela determinação, Toffoli voltou atrás.

PGR alega que julgamento pode prejudicar relações externas do Brasil

Em manifestação encaminhada ao STF, o procurador-geral da República, Augusto Aras, manifestou preocupação com as consequências do julgamento “para a política econômica do Brasil, sobretudo nas relações externas”.

Para Aras, a UIF atua no âmbito do dever do Estado de promover segurança nacional por meio do enfrentamento de crimes como narcotráfico e lavagem de dinheiro. O PGR alega também que, assim como as colaborações premiadas, os relatórios de inteligência financeira não constituem, isoladamente, meios de prova. Por fim, Aras garante que nenhum agente público tem acesso amplo e irrestrito a dados de inteligência, sendo obrigatória a identificação da autoridade em cada consulta.

Para Aras, condicionar o envio de relatórios detalhados ao Ministério Público e à polícia à prévia autorização judicial é subverter a lógica de funcionamento das Unidades de Inteligência Financeira, descumprir os padrões internacionais de combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo e tornar provável a inclusão do Brasil como um país “non compliant”, que desobedece as recomendações e acordos internacionais de combate à macrocriminalidade.

“O enfraquecimento do microssistema brasileiro antilavagem debilitará a capacidade do Brasil de reagir a crimes graves. Isso, ironicamente, interessa não aos cidadãos – titulares do direito ao sigilo discutido nestes autos –, mas sim àqueles que praticam os crimes que mais prejudicam a sociedade brasileira”, sintetiza o PGR em um memorial entregue nesta terça-feira (19) aos ministros do Supremo.

Outro aspecto detalhado no memorial são as consequências que o eventual descumprimento das recomendações do Gafi poderão causar ao Brasil. Entre os reflexos, estão a inclusão do Brasil em listas de países com deficiências estratégicas, a aplicação de contramedidas impostas pelo sistema financeiro dos demais países, podendo chegar à sua exclusão do Gafi, do G-20, do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial.

"Esse tipo de sanção pode ter relevância na aferição dos riscos para investimentos no Brasil e para a checagem da credibilidade de seu mercado. Assim, para além de danos político-diplomáticos, as consequências de impacto imediato são relacionadas a restrições econômico-financeiras ao país", adverte o PGR.

OCDE acompanha de perto a questão

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) também acompanha o caso de perto e já alerta para possíveis prejuízos no combate à corrupção no país.

Em missão no Brasil para avaliar possíveis riscos no combate a corrupção, um grupo de trabalho da OCDE demonstrou preocupação com decisões como a tomada por Toffoli em julho, que paralisou as investigações iniciadas com base em dados de órgãos de controle.

Se a decisão de Toffoli for mantida no julgamento de quarta-feira (20), segundo o presidente do grupo antissuborno da OCDE, o esloveno Drago Kos, "serão necessárias medidas mais fortes". "Ainda vamos pensar no que fazer, mas a nossa reação vai ser forte", disse Kos, em entrevista coletiva na semana passada. Ele chegou a ter uma conversa com Dias Toffoli sobre o tema.

12 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 12 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Marcos

    ± 1 horas

    Eu não tenho dúvidas que o julgamento vai interromper as investigações. Há no Brasil dúvidas se vai ou não investigar. Lindo! Qualquer cidadão comum pode ser emparedado pela polícia no Centro da cidade, mas quem é bacana não! Até mesmo uma blitz da polícia um político ou magistrado não pode ser questionado! Linda a nossa República. O julgamento vai triturar os processos desdas 935 pessoas que muito provavelmente tem o r a b o preso. Acho a República do Brasil muito linda, com um povo mais lindo ainda, que bate palma pra maluco rir. País personalista, amigos dos amigos. Aos amigos tudo, aos inimigos nada, aos outros a lei.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Decio mango

    ± 1 horas

    STF virou lixo...acabaram com esta instituição e esta b0sta deveria ser fechada...so faz politiqueta de corruPTos e rouba dos ricos para dar eles mesmos

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AMAURI

    ± 2 horas

    Bozo é o culpado disso tudo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      Decio mango

      ± 1 horas

      sim.. o luladrao que e inocente....mas o de****do do PT que desviou mais de 40 milhões e nem aparece nas investigações...?..e os outros 30 e poucos deputados...?....bandido de estimação nunca mais

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 11 horas

    Essa porcaria de defender o filho ******** foi o começo do fim do governo Bolsonaro. Caiu fundo o discurso de honestidade, clareza e retidão do governo dele. Ficou igual a todos os outros. Fazer o quê? É Brasil

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Wilbur Archibald III

    ± 12 horas

    Vai com Deus

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    carlos

    ± 12 horas

    Vixe Maria... Será que o pil@ntrinha vai tomar uma invertida?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      Decio mango

      ± 1 horas

      Vai....mas o de****do do PT que desviou mais de 40 milhões e nem aparece nas investigações...?..e os outros 30 e poucos deputados...?....bandido de estimação nunca mais

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cristian carla a. Volski cassi

    ± 13 horas

    Esse ******** do papai... vergonha

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 13 horas

    Tão logo termine esse julgamento, FB voltará a ser investigado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • F

      Freitas

      ± 12 horas

      Clairton Cleto: Claro. Lugar de corrupto vaga´bundo é na cadeia. Mas, quem travou o processo foi FB.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      Clairton Cleto

      ± 12 horas

      Ele e todos que foram denunciados pelo mesmo motivo... Se deve que pague pelo erro, mas que todos os outros também paguem igualmente

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.