Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Manifestações voto impresso
Manifestantes no Rio de Janeiro durante atos em favor do voto impresso neste domingo (1.º).| Foto: André Coelho/ EFE

O domingo (1.º) registra mobilizações pela adoção do voto impresso no sistema eleitoral brasileiro. Pela manhã, há atos em capitais como Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Em São Paulo, há mobilização marcada para a Avenida Paulista no período da tarde. Na capital federal, os manifestantes caminharam pela Esplanada dos Ministérios em ato que conta com a presença de parlamentares da base de apoio do presidente Jair Bolsonaro e do ex-ministro Ernesto Araújo, que comandou o Itamaraty até o final de março.

Ao lado de Araújo em um carro de som, a deputada Bia Kicis (PSL-DF) usou as redes sociais para publicar vídeo da manifestação com os dizeres "Brasília tá gigante!". A parlamentar é autora da Proposta de Emenda à Constituição que prevê a impressão de um comprovante de voto, defendida nas mobilizações. Em seu discurso, ela defendeu o voto impresso, auditável e com contagem pública. Também afirmou que a PEC vem perdendo apoio entre os congressistas por pressões do TSE e do STF.

Nos atos, muitos manifestantes carregam a bandeira do Brasil e cartazes com dizeres pró voto impresso nas eleições de 2022 e também em apoio a Bolsonaro, que defende publicamente a pauta.

Também são registrados atos em outras capitais, como Goiânia (GO), São Luís (MA) e Maceió (AL), e cidades como Niterói (RJ) e Campinas (SP). Segundo o movimento Nas Ruas, principal organizador das mobilizações, são esperados atos em 113 municípios pelo país.

A Gazeta do Povo não afere o número de participantes em manifestações públicas.

Bolsonaro usa videochamada para participar de manifestações pelo voto impresso

O presidente Jair Bolsonaro voltou a cobrar a adoção do voto impresso nas eleições brasileiras. As falas ocorreram na manhã deste domingo (1.º), em participações remotas realizadas por ele nas manifestações realizadas em Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, todas por meio de videochamada. Em filmagem publicada no início da tarde nas suas redes sociais, o presidente aparece fazendo uma dessas transmissões, que era reproduzida em um carro de som na Esplanada dos Ministérios.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]