i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Pediu demissão

De superministro a “vidraça”: a trajetória de Moro no governo Bolsonaro

  • 24/04/2020 11:42
Moro foi juiz da Lava Jato.
Moro foi juiz da Lava Jato.| Foto: Sérgio Lima/AFP

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, deixou nesta sexta-feira (24) o governo depois de entrar em rota de colisão com o presidente Jair Bolsonaro por causa da troca no comando da Polícia Federal. O diretor-geral da corporação, Maurício Valeixo, teve sua exoneração publicada no Diário Oficial desta sexta. Moro, que assumiu o cargo em janeiro de 2019 com status de “superministro” e indemissível, deixa o governo federal depois de uma série de atritos e derrotas.

Moro assumiu o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública com um eixo de atuação dividido em três pilares: o combate à corrupção, ao crime organizado e à criminalidade violenta. Moro tem apresentado bons resultados no combate ao crime violento e ao crime organizado.

O ministério tem tido sucesso na estratégia de isolar líderes de facções em presídios federais, como no caso do líder do PCC, Marcos Camacho, conhecido como Marcola, que está em um presídio de segurança máxima em Brasília.

Moro também tem alcançado sucesso no programa Em Frente Brasil, que visa diminuir índices de criminalidade em cinco cidades brasileiras. O projeto-piloto alcançou resultados positivos e está se preparando para uma expansão ainda em 2020.

Já o combate à corrupção tem sido uma limitação ao ministro. A tentativa de interferência do presidente na Polícia Federal foi demais para Moro. Além de mexer na PF, Bolsonaro também promoveu mudanças na Receita Federal e no Coaf — órgão de inteligência que detecta movimentações suspeitas de lavagem de dinheiro.

Conflito em torno da PF

O conflito em torno do comando da Polícia Federal foi a gota d’água na relação conflituosa entre o ministro e o presidente, mas não é um episódio inédito. Em agosto do ano passado, Bolsonaro tentou interferir no comando da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, irritando delegados e policiais da corporação. Diante da pressão, o presidente ameaçou demitir Valeixo, o que não aconteceu na época.

Fontes do Ministério da Justiça e Segurança Pública dizem que já havia um acordo entre Moro e Bolsonaro para a saída de Valeixo. O presidente queria indicar um nome de sua confiança para o cargo. A saída de Moro se deve ao fato de não ter chegado a um consenso com o presidente em torno de um nome.

Ministério da Justiça fatiado

Recentemente, o presidente cogitou desmembrar o Ministério da Justiça e Segurança Pública em duas pastas. A possibilidade, segundo Bolsonaro, havia sido um pedido dos secretários estaduais de Segurança Pública.

Aliados de Moro viram no episódio uma tentativa de enfraquecer o ministro. Caso o desmembramento ocorresse, Moro seria titular da Justiça e poderia perder o comando da Polícia Federal, que passaria para o guarda chuva do Ministério da Segurança Pública.

Pacote anticrime de Moro foi modificado na Câmara

Principal aposta de Moro ao assumir a pasta, o pacote anticrime enviado ao Congresso teve uma tramitação conturbada. Depois de ser cobrado publicamente por Moro para dar celeridade ao projeto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu criar um grupo de trabalho para analisar as propostas, o que arrastou a tramitação durante 10 meses.

Boa parte das propostas de Moro foi rejeitada pelo grupo, como a prisão em segunda instância, a criação do plea bargain e o excludente de ilicitude, por exemplo. Os deputados também incluíram, sem a anuência de Moro, a criação da figura do juiz de garantias no projeto.

O governo abandonou a tramitação do projeto no grupo de trabalho, o que fez com que o relator do pacote anticrime, deputado Capitão Augusto (PL-SP) cobrasse publicamente os deputados aliados ao presidente. Augusto, que é um ferrenho defensor de Moro, reclamou de ter sido abandonado no grupo de trabalho, o que fez com que ele acumulasse as derrotas mencionadas.

No relatório final do grupo, das 88 propostas de alteração na legislação, a maior parte (54 itens) foi aprovada pelo grupo, uma parte com alterações. O relatório reuniu sugestões de Moro e do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. As propostas do ex-juiz da Lava Jato foram as mais desidratadas durante as reuniões do grupo. Mais da metade das 53 propostas de Moro foi retirada do relatório final. O grupo rejeitou 28 itens propostos pelo ministro da Justiça.

Juiz de garantias contrariou Moro

O presidente também não levou em consideração a opinião de Moro ao sancionar o pacote anticrime. O ministro havia sugerido veto a criação do juiz de garantias, mas a proposta foi sancionada por Bolsonaro e só não entrou em vigor ainda porque aguarda uma decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF).

Moro apontou "problemas" na criação do juiz de garantias. "O MJSP se posicionou pelo veto ao juiz de garantias, principalmente, porque não foi esclarecido como o instituto vai funcionar nas comarcas com apenas um juiz (40% do total); e também se valeria para processos pendentes e para os tribunais superiores, além de outros problemas", disse Moro, em nota após a sanção.

Mudanças no Coaf

Moro também perdeu o controle do Coaf, órgão responsável por detectar transações suspeitas de lavagem de dinheiro. O órgão iniciou o governo sob o guarda chuva do Ministério da Justiça e Moro escolheu Roberto Leonel, ex-auditor da Receita Federal e integrante da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, para presidi-lo.

O Congresso, porém, não aprovou a medida. O órgão acabou  sob o guarda chuva do Banco Central e o aliado de Moro foi demitido da presidência.

Indicação do procurador-geral da República

A escolha do subprocurador Augusto Aras para o cargo de procurador-geral da República também foi vista nos bastidores como mais um sinal de enfraquecimento de Moro no governo. Bolsonaro teria escolhido Aras sem consultar seu ministro da Justiça.

O nome de Aras não estava na lista tríplice organizada pelo Ministério Público Federal (MPF). A escolha de um nome dentro da lista tríplice não é uma obrigação legal, mas vinha sendo tradição no Brasil desde 2003 e os procuradores afirmam que a prática traz mais independência para a atuação.

Desconvite para Ilona Szabó

Já no segundo mês de governo, Moro precisou recuar da nomeação de Ilona Szabó para o cargo de suplência do Conselho de Políticas Criminais e Penitenciárias. A nomeação causou revolta em parte da direita. A ordem para desconvidar Ilona veio do próprio presidente Jair Bolsonaro, que foi irredutível, apesar do evidente desgaste que isso causaria ao ministro.

Ilona é ativista contra a liberação de armas e defende a descriminalização do uso de drogas e afirmou que é contraproducente punir usuários de pequenas quantidades de entorpecentes.

Descontentamento do presidente com Moro

Bolsonaro também já vinha reclamando da postura de Moro no governo, já que o ministro não tem adotado uma defesa enfática do presidente. Em março, Boslonaro reclamou a interlocutores que Moro não estava fazendo uma defesa do isolamento vertical, defendido pelo presidente, como estratégia para enfrentar o coronavírus. Na ocasião, o ministro foi chamado de egoísta pelo chefe.

No final de agosto do ano passado, em meio à crise em torno das trocas no comando da Polícia Federal, Bolsonaro afirmou em uma transmissão ao vivo que Moro não esteve com ele na campanha. Um internauta escreveu um recado pedindo para que o presidente “cuidasse bem” do ministro. “Com todo respeito a ele (Moro), mas o mesmo não esteve comigo durante a campanha, até que, como juiz, não poderia”, respondeu Bolsonaro.

Mensagens do Intercept

Ao longo de sua gestão, o ministro também enfrentou a divulgação de mensagens atribuídas a ele e a membros da Lava Jato do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná pelo site The Intercept, em parceria com outros veículos de comunicação.

As mensagens traziam bastidores da condução das investigações e causaram desconforto para o ministro, que chegou a ser convocado para uma sessão na Câmara e outra no Senado para dar explicações.

A Polícia Federal chegou a desmentir Moro sobre o destino de provas colhidas na Operação Spoofing – uma investigação da PF que interessa pessoalmente ao ministro, que foi alvo da ação de hackers que invadiram celulares de autoridades.

Moro havia dito que as conversas apreendidas com os suspeitos seriam destruídas. A PF, que está subordinada a Moro, reagiu e negou a afirmação do ministro. Moro viria a dizer, bem mais tarde, que havia ocorrido um mal-entendido sobre o assunto e que não tinha determinado a destruição do material.

15 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 15 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Meg Litton

    ± 1 horas

    O pior inimigo de Bolsonaro é ele mesmo... Lamentável!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    carlos

    ± 2 horas

    #malditosejabolsonaro

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    APJr

    ± 2 horas

    Males há; que para bem, vem !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Felipe Scaramuzza

    ± 4 horas

    Decepcionante.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlinhos

    ± 4 horas

    Depenaram o MARRECO. Além de MENTIROSO, INCOMPETENTE o BOZO é TRAIRA.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • C

      Carlinhos

      ± 3 horas

      Freitas:Só quando falou que no governo Dilma a PF tinha toda a liberdade para atuar.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • F

      Freitas

      ± 4 horas

      Exatamente o contrário: SÉRGIO MORO desmascarou Bolsonaro.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    jussara weltson

    ± 4 horas

    Das trapalhadas do presidente Bolsonaro, essa sem sombra de duvida foi a pior. Xeque Mate.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AMAURI

    ± 4 horas

    Como já disse várias vezes, Bozo, é a PIOR coisa que poderia ter acontecido ao BRASIL.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Plínio

    ± 4 horas

    O presidente cometeu um grande erro político, na minha opinião. Sérgio Moro era responsável por uma boa parte da aprovação do presidente porque nem sempre o voto nas urnas representa aprovação pós eleição. Espero que o presidente não esteja principiando a meter os pés pelas mãos. Se eu tinha objeções quanto ao trabalho do Mandetta, não posso dizer o mesmo quanto ao Moro. Fez o que era possível para trabalhar no meio de adeptos da cleptocracia. Que ele não fuja dos objetivos econômicos também.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 4 horas

    Moro foi importantíssimo para mostrar ao mundo que BOLSONARO É UM CANALHA, UM BANDIDO. Tem que ir para a cadeia, juntamente com a petralhada que desmontou o Brasil.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Svetlana Yurievna Tchekov

    ± 4 horas

    Estou curiosa pra ver o que a matilha ignorante e furiosa vai fazer com aquele bonecão inflável do Mussolini de Maringá vestido de Super-Homem. Vão tacar fogo em frente a estátua do imbeciloide da Havan? Ou farão um ritual de vodu em praça pública espetando o bonecão e marchando feito doidos? Ou irão arrastar o bonecão pelas ruas puxado por carrões de luxo? Ou farão picadinho do bonecão pra comer com capim e cloroquina? Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos dessa novela macabra.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • S

      Sartan

      ± 1 horas

      ValmirBCardoso: A casa desse bozoloide deve estar toda alagada com tanto choro

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      Svetlana Yurievna Tchekov

      ± 3 horas

      Tio Valmir, você está chorando muito pelo marreco?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      ValmirBCardoso

      ± 3 horas

      chore mais pelo mula 9 dedos kkkkk

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]