i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Justiça

Pacote anticrime de Moro altera 59 leis: entenda a metamorfose no Direito Penal

  • PorGazeta do Povo
  • 06/12/2019 09:26

A Câmara dos Deputados aprovou o pacote anticrime, conjunto de normas penais que altera diversos dispositivos da legislação e pretende endurecer o combate à violência, o crime organizado e a corrupção. O pacote era uma das principais bandeiras do ministro da Justiça Sergio Moro, mas a versão final unificou propostas apresentadas pelo ministro do supremo tribunal federal, Alexandre de Moraes.

Ao todo, foram 59 mudanças na legislação penal, um resultado bem abaixo do que esperava Moro. Mais da metade das propostas do ex-juiz da Lava Jato foi retirada do relatório final. O grupo rejeitou 28 itens propostos inicialmente pelo ministro da Justiça. Entre os pontos previstos por moro inicialmente no pacote anticrime que foram retirados pelo grupo estão: 1) A previsão de prisão para cumprimento da pena após uma condenação em segunda instância; 2) A criação do plea bargain, espécie de acordo com o ministério público em que os réus confessam crimes em troca de penas menores; 3) O excludente de ilicitude para policiais e alterações no conceito de legítima defesa.

>>> Assine a Gazeta do Povo

-------------------------

  • Ficha técnica
  • Apresentação: Kelli Kadanus
  • Imagens: Kelli Kadanus
  • Edição: Lucas Lencin
  • Roteiro: Rodrigo Fernandes
  • Arte: João Pedro

-------------------------

Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais:

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Mário

    ± 0 minutos

    Assim como o STF julga tudo do jeito que quer e contrariando até a Constituição, o resultado das modificações do projeto anticrime do Ministro Moro demonstra claramente que o paraíso da corrupção e ladroagem vai continuar como era antes. Não é culpa do Sérgio Moro e sim dos ******* que votaram nestes de****dos e senadores corruptos que ocupam Brasília. Triste mas é a realidade...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MORALES

    ± 1 dias

    Bem a cara do Brasil. A defesa do crime se justifica considerando que a maioria dos congressistas fazem parte de bandos e quadrilhas. Não é só na educação que esse país é uma tragédia, nas urnas também.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 1 dias

    Ficou claro o posicionamento do congresso, apenas confirmando que a grande maioria daqueles que elegemos são criminosos. Alguns , contumazes

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marcos

      ± 1 dias

      Culpa dos eleitores, que a cada 4 anos reelegem as mesmas caras, quando não laranjas. Povo do Brasil é muito ******. A culpa não é do político, mas do povão, milhares de eleitores que se deixam enganar ou simplesmente ignoram a importância do pleito. Elegem aquele que mais tem tempo de mídia.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]