Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Uma decisão do ministro, Edson Fachin, anulou todos os processos em que Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado na Lava Jato de Curitiba.

Com isso, o ex-presidente volta a ser considerado ficha-limpa e a ter seus direitos políticos. Entenda o porquê da decisão de Fachin em um minuto:

Quais os impactos da anulação dos processos de Lula

A decisão do ministro do STF, relator da Lava Jato na Corte, declarou que a primeira instância da Lava Jato não tinha a competência necessária para julgar os processos relacionados a Lula

Segundo Fachin, uma decisão anterior do Supremo já tinha limitado a competência da 13ª Vara Federal de Curitiba aos crimes praticados direta e exclusivamente contra a Petrobras.

Por isso, os processos contra o ex-presidente não deveriam ter sido julgados no Paraná, mas sim pela Justiça Federal do Distrito Federal.

O problema é que Lula já havia sido condenado em dois dos três processos da Lava Jato de Curitiba: no caso do tríplex do Guarujá e no do sitio de Atibaia.

Com isso, tudo o que foi decidido pela Justiça Federal do Paraná deixa de valer. Ou seja, as condenações proferidas pelo ex-juiz Sergio Moro não valem mais.

A decisão de Fachin também tira o pedido de Lula sobre a suspeição de Moro da pauta do STF, já que o caso deixa de ter relevância jurídica.

Conteúdo editado por:Jenifer Ribeiro dos Santos
3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]