i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rodrigo Constantino

Foto de perfil de Rodrigo Constantino
Ver perfil

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

“Comediante” Michele Wolf detona Trump com ofensas pessoais em jantar de correspondentes da Casa Branca

  • PorRodrigo Constantino
  • 30/04/2018 11:46
“Comediante” Michele Wolf detona Trump com ofensas pessoais em jantar de correspondentes da Casa Branca
| Foto:

A “comediante” Michele Wolf, de quem nunca tinha ouvido falar, foi a principal atração do jantar para correspondentes da Casa Branca esta semana. Provavelmente para compensar a falta de humor natural ou inteligente, a “humorista” passou a tecer ofensas pessoais ao presidente e sua família, de forma extremamente grosseira.

Além do conteúdo forçado, a voz insuportável acrescentou injúria ao insulto. Algo similar seria impensável se dito por um homem branco sobre Obama, o que mostra como o “humor” permitido na era do politicamente correto tem lado, ideologia, agenda. E retrata bem como a imensa maioria dos “jornalistas” pensa. Vejam:

O próprio presidente Trump, que não passa recibo, usou sua “arma de destruição em massa”, o Twitter, para rebater o baixo nível do evento:

“O jantar foi um fracasso ano passado, mas esse ano foi um completo constrangimento para todos ligados a ele”, espetou Trump. O evento está MORTO, disse o presidente. Ele foi “um total desastre e constrangedor para nossa grande Nação e tudo aquilo que ela representa”. Trump alfinetou com a expressão que tornou famosa: FAKE NEWS.

Leandro Ruschel fez comentários sobre o jantar também, lembrando para a seletividade hipócrita da esquerda na defesa da “liberdade de expressão”, que só é puxada da cartola na hora de defender “progressistas” ofendendo conservadores, jamais o contrário:

O constrangedor jantar sem graça alguma mostra bem o grau de alienação em que esses “jornalistas” chegaram, aprisionados em sua bolha “progressista”. A esquerda não tem mais senso de humor, e usa a cartilha do politicamente correto para impedir qualquer piada mais inteligente. Em contrapartida, não enxerga problema algum em ligar uma metralhadora giratória de ofensas pessoais em direção ao presidente e sua família, se o presidente for republicano. A esquerda perdeu a graça!

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.